Como um Uber, app oferece experiências de surf

Chamado de Uber dos esportes de ação, o goFlow oferece experiências esportivas para usuários
Aplicativo Go Flow
Aplicativo Go Flow © Go Flow
Por Maíra Pabst

 Hoje em dia é difícil imaginar a vida sem aplicativos como Waze, Whastapp, Uber e etc. Eles são feitos para facilitar a vida das pessoas e atender a demandas que, as vezes, nem sabemos que existiam. Alguém percebe, tem a ideia e bota em prática!

E no mundo dos esportes de ação não poderia ser diferente. Sabe quando você vai viajar, tem pouco tempo, e adoraria uma ajuda de um local? Pois bem! O goFlow é um aplicativo que chegou há pouco tempo no Brasil para suprir essa demanda.

Desde 2014 funcionando na Califórnia, o goFlow procura reunir pessoas com o mesmo interesse: esportes como o surf, skate, Stand Up Paddle e kitesurf. A ideia é que reunidas numa única plataforma, essa tribo troque informações como as condições do mar, do vento, da água, além de compartilharem vivências em fotos.

Mas o suprassumo de tudo isso é o serviço de “Experiências”. São cadastrados na plataformas alguns “experts” em cada um dos esportes, e o usuário pode comprar experiências com esses caras. Então se você está indo viajar para algum pico que não conhece, ou se está querendo aprender algum esporte, você pode marcar essa experiência com alguns cliques no celular. “No aplicativo você consegue encontrar os experts. De acordo com o esporte que você quer fazer, você acha o profissional para te ajudar. O aplicativo aproxima o aluno do profissional”, explica Angelo Hereda, ex surfista profissional que hoje é um dos experts do goFlow. 

Go Flow - Aplicativo para experiências ao ar livre
Go Flow - Aplicativo para experiências ao ar livre © Go Flow

 Mas você pode estar se perguntando qual a diferença entre procurar o goFlow e uma escolinha? A questão é que o aplicativo não se limita apenas a proporcionar aulas para iniciantes. Você que já pratica o esporte, pode procurar experts tanto para filmar uma sessão, como para receber alguns toques sobre o pico, ou até como locomoção para o surf.

Imagine se você estiver na zona sul do Rio de Janeiro, sem carro e quiser pegar onda na Prainha? Achar um expert pode ser uma solução! E para quem quer aprender, “as aulas são particulares, ou no máximo em grupos de dois ou três alunos. Então você tem uma evolução muito mais rápida do que em escolinhas, por conta do número de pessoas na água”, explica Angelo.

Então essa é mais uma novidade da modernidade! Como eles mesmos se vendem, o Uber dos esportes chegou! Se quiser testar é só baixar o aplicativo disponível nas lojas online.

read more about
Next Story