Campeões comemoram  título do Red Bull Skate Generation. Credito - Marcelo Maragni - Red BullContent Pool.jpg

O bowl RTMF, casa de Pedro Barros, foi palco de um marco para o skate nacional neste domingo, 1º de abril. Alguns dos maiores nomes da atualidade, como Omar Hassan e Pedro Barros, se uniram a verdadeiras lendas do esporte, como Jeff Grosso, Duane Peters e Christian Hosoi e proporcionaram um espetáculo inesquecível para as cerca de duas mil pessoas que acompanharam a competição.

Cientes de que presenciavam um momento histórico para o esporte no país, a vibração do público fez com que até as lendas se arriscassem com manobras ousadas e que levantavam a todos. A exaustão no rosto dos competidores, porém, era ofuscada pela felicidade de estarem na disputa.

“Foi a minha primeira vez competindo pra valer no Brasil e, há muito tempo, eu não sentia o que eu senti aqui. A música, a energia, a vibração do público, a beleza do local, tudo esteve perfeito e contribuiu para que a gente acabasse buscando um algo a mais no nosso desempenho”, se divertiu Christian Hosoi, grande campeão da competição junto com Felipe “Foguinho” Caltabiano, Leo Kakinho e o anfitrião Pedro Barros.

Pedro, aliás, foi um show a parte. Competindo em casa e aliviado após ter vencido a terceira etapa do mundial de bowl, que aconteceu em sua casa no dia anterior, o atleta foi o grande destaque do dia. Voando muito mais alto que os seus adversários e com conhecimento total da pista, o catarinense deixou claro porque é o nome a ser batido hoje em competições de bowl (nome oficial utilizado para as pistas em “piscinas” de concreto).

Mas, além de se destacar pela volta, ele também se destacou pelo entusiasmo com que comemorava cada manobra acertada pelos seus adversários e pelos seus companheiros de equipe. “O que aconteceu dentro da pista hoje pra mim foi inesquecível. Nunca tinha sentido uma energia assim. Mas, fora da pista, também estava muito difícil de me conter. Foi inacreditável ver esses caras andando aqui no lugar onde eu nasci”, disse.

A equipe formada por Sandro Dias, Jeff Grosso, Raul Roger e Franco terminou em segundo lugar, seguida de Alex Sorgente, Nathan Bec “Jimmy”, Mauro Mureta e Duane Peters. Mas o resultado era o que menos importava. “O que se viu aqui hoje foi uma demonstração clara do que é skate. Não uma competição, não uma disputa por vitórias e sim uma grande festa em que todos querem ver o melhor de seus companheiros e adversários. Foi muito maior do que eu esperava quando abri as portas da minha casa para essas pessoas”, disse Pedro.

O hexacampeão mundial de skate vertical Sandro Dias concordou: “Foi emocionante participar desta competição. Encontrar tantos nomes do Brasil e do exterior em um ambiente assim não dá nem pra comentar. Foi incrível”, disse

O Red Bull Skate Generation teve o patrocínio da Citroën e da Vans, co-patrocínio da Volcom e apoio de Evoke, Drop Dead e Governo de Santa Catarina. Confira o resultado final da competição:

1º lugar – Pedro Barros, Christian Hosoi, Léo Kakinho e Felipe Caltabiano

2º lugar – Sandro Dias “Mineirinho”, Jeff Grosso, Raul Roger e Franco

3º lugar – Nathan Bec “Jimmy”, Duane Peters, Alex Sorgente e Mauro Mureta

4º lugar – Omar Hassan, Marco Aurélio “Jeff”, Murilo Feitosa, Eduardo Braz

5º lugar – Marcelo Kosake, Luis Roberto Formiga, Vi Kakinho e Cristiano Mateus


Comentários

    Adicionar um comentário

    * Todos os campos são obrigatórios
    Até 2000 caracteres :
    Escreva a palavra à esquerda e clique em "Publicar comentário":

    Detalhes