Gary Hunt .jpg

A partir deste sábado, 23 de junho, na ilha francesa de Córsega, os melhores atletas do mundo iniciam, mais uma vez, o duelo em busca do do título do Red Bull Cliff Diving, o campeonato mais cobiçado do salto ornamental mundial. Sete lugares espetaculares no Oceano Atlântico e no Mar Mediterrâneo, em cidades e até no deserto serão os palcos desta temporada. Somente os 12 melhores competidores, 27 metros de altura entre a plataforma e a água. Três segundos em queda livre para a execução de manobras artísticas. Mais de 85 km/h de velocidade no impacto. Controle do corpo perfeito, concentração máxima, beleza e muita tensão diante de milhares de espectadores torcendo por eles na Europa, América do Norte e Oriente Médio.

Com origem nas ilhas havaianas de Mauí, no século XVIII, o Red Bull Cliff Diving hoje percorre o mundo com uma elite de atletas executando flips e twists de alturas espetaculares e rochas únicas. A competição começou em 2009 e, a altura de 27 metros, permitiu aos atletas tempo suficiente para realizar manobras nunca feitas anteriormente. As notas são baseadas em três critérios: a dificuldade do salto, a posição no ar e a entrada na água.

A força do impacto dos competidores com a água é nove vezes maior do que um salto de uma torre de dez metros, maior altura em competções de saltos ornamentais em piscina. A gravidade faz com que os atletas acheguem a quase 90 km/h em três segundos e, em seguida, a água os traz de volta ao zero em apenas quatro metros.

O atual campeão da competição, o britânico Gary Hunt, é apontado como um dos principais favoritos ao título. Para desafiá-lo, os principais nomes são o colombiano Orlando Duque, nove vezes campeão mundial e que retorna a competição, e o russo Artim Silchenko, segundo colocado no ano passado.

Mas eles não serão os únicos a participar da competição. Além deles, o tcheco Michal Navratil, o britânico Blake Aldridge e os americanos Kent de Mond e David Colturi também prometem entrar forte na briga pelo título.

Depois da Córsega, o Red Bull Cliff Diving passará pelas cidades de Grimstad (Noruega), Açores (Portugal), Inis Mor (Irlanda), Boston (Estados Unidos), Pembrokeshire (Reino Unido) e Wadi Shab (Omã).
 

 


Comentários

    Adicionar um comentário

    * Todos os campos são obrigatórios
    Até 2000 caracteres :
    Escreva a palavra à esquerda e clique em "Publicar comentário":

    Detalhes