TomZe_encontroMadri02 Red Bull Music Academy Newsroom.Tom Zé durante o Red Bull Music Academy 2011 em Madri

Depois de passar por cidades como Berlim, Toronto, São Paulo, Barcelona e, mais recentemente, por Londres (2010) e Madri (2011), o Red Bull Music Academy escolheu Nova York como sede do seu encontro internacional para este ano. Realizado desde 1998, o encontro está em sua décima-quinta edição e reúne profissionais de várias áreas da música, como DJs, produtores, compositores, cantores, entre outros, selecionados por membros da Academia, via processo de inscrição. Neste ano, as inscrições serão de 02 de fevereiro até 02 de abril, via site oficial do projeto - em redbullmusicacademy.com.

Do Brasil já participaram músicos e compositores como Bruno Morais (Seattle, 2005), Maurício Fleury (Toronto, 2007) e Gabriel Nascimbeni (Londres, 2010), de São Paulo, além de Lucas Febraro (Madri, 2011), de Brasília, e o DJ Babão (Barcelona, 2008), do Rio de Janeiro.

No site oficial, além da ficha de inscrição para download é possível encontrar informações adicionais sobre o projeto e FAQs com respostas às dúvidas mais frequentes.

Por que Nova York? - Caldeirão cultural do mundo, Nova York é berço de diversos gêneros musicais como hip hop, disco, house, bop, no-wave, entre outros, refletindo a característica cosmopolita desta cidade, que reúne gente de todas as partes do globo. Este traço tão forte de Nova York também está presente no Red Bull Music Academy que, ao selecionar profissionais da música de diversos países, para participarem de seu encontro mundial, promove um autêntico intercâmbio de conhecimento e experiências ao longo de aproximadamente 1 mês, em duas turmas de participantes com duração de duas semanas cada.

Red Bull Music Academy no Rio Music Conference: um painel do Red Bull Music Academy no dia 15/02, às 18h, fará parte da programação da edição nacional do Rio Music Conference 2012, evento dedicado à música eletrônica realizado no Rio de Janeiro desde 2009. Na ocasião, estarão reunidos nomes como o produtor musical Liminha e seu mais novo projeto, intitulado Power Trio – que conta com as participações do rapper Dughettu e do DJ Sany Pitbull – além de Plínio Profeta, DJ Revolution (EUA) e o músico brasiliense Lucas Febraro, que representou o Brasil no encontro mundial do Red Bull Music Academy 2011 realizado em Madri. A tônica deste painel é discutir os novos rumos da música tendo como referência o crescimento dos projetos colaborativos que reúnem diversos artistas (a exemplo do Power Trio). Mais informações sobre como participar do painel no site oficial do Rio Music Conference.

Infosessions pelo Brasil: Durante a fase de inscrições, uma série de eventos do Red Bull Music Academy serão realizados pelo mundo, incluindo o Brasil. Nas infosessions, os interessados tem como saber mais sobre como funciona o processo de inscrição em workshops com temas relacionados à produção musical local. No Brasil, as infosessions serão realizadas entre 15 de fevereiro a 17 de março – para convidados - nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, São Paulo, Goiânia e Porto Alegre.

Red Bull Music Academy na web:
www.redbullmusicacademy.com
www.rbmaradio.com
www.facebook.com/redbullmusicacademy
www.twitter.com/RBMA (#rbma2012)
www.soundcloud.com/redbullmusicacademy.com
www.mixcloud.com/rbma
www.vimeo.com/redbullmusicacademy
www.youtube.com/redbullmusicacademy

Sobre o Red Bull Music Academy: Desde 1998, o projeto realiza encontros anuais em uma cidade diferente do planeta com o objetivo de trocar ideias sobre as tendências e os caminhos da criação e da produção musical no mundo. Deles participam integrantes ligados à cena musical – DJs, produtores, músicos, compositores, entre outros – selecionados via processo de inscrição. A seleção dos participantes é feita através de uma comissão formada por membros da Academia, incluindo jornalistas especializados e profissionais da cena musical.

Durante os encontros, os integrantes tem a oportunidade de acompanhar workshops e palestras com nomes relevantes na cena internacional musical, além de contar com um infra-estrutura para desenvolver e testar novas técnicas e propostas sonoras. Ao final de cada processo, os participantes apresentam um novo trabalho, desenvolvido durante o encontro, e que pode contar com a colaboração dos demais integrantes da turma.


Comentários

    Adicionar um comentário

    * Todos os campos são obrigatórios
    Até 2000 caracteres :
    Escreva a palavra à esquerda e clique em "Publicar comentário":

    Detalhes