vettel_webber.jpg

Com uma clara melhoria em relação aos últimos Grande Prémios, os carros da Red Bull Racing mostraram estar com um bom andamento. Sebastian Vettel e Marl Webber conseguiram a pole position e o 3.º lugar, respetivamente, na qualificação do Bahrain.

Sebastian Vettel conseguiu a pole position com o tempo de 1:33.401, na qualificação do Bahrain. Desta forma, Vettel demonstra estar a evoluir de forma positiva e tem vontade de ganhar este Grande Prémio, no deserto do Bahrain.

“É muito bom e devo este resultado à equipa. Não foi um bom início de época para nós e havia muita expectativa, mas penso que mais que tudo, era aquilo que nós esperávamos que conseguir e ainda não conseguimos isso. Temos trabalhado muito no carro, dando toques aqui e ali e a descobrir o qual o melhor caminho a seguir. A equipa não tem dormido muito nestas últimas corridas – foi uma corrida muito dura no último fim de semana, na China e agora aqui, por isso é bom colocar o carro na frente, por eles. O carro está a melhorar, não foi a sessão de qualificação mais tranquila, quase que saía de pista na Q1, mas é bom ter a pole,” afirmou Vettel.

No carro de Mark Webber também as coisas parecem estar a ter uma boa reação às mudanças da equipa, conseguindo o 3.º lugar na qualificação, atrás de Hamilton, com o tempo de 1:33.663.

“O carro está melhor aqui. A primeira parte da qualificação não foi fácil e tivemos de nos esforçar na Q1. Foi uma sessão boa para mim e a minha melhor sessão de qualificação neste circuito. O Seb fez uma boa volta para a pole e estamos satisfeitos, já que estamos os dois na frente. A equipa trabalhou muito e está focado em melhorar. Não temos estado muito fortes nos Sábados até hoje, mas no Domingo estamos. Podemos ter uma boa corrida amanhã; a estratégia de pneus será muito, muito importante – muitos pilotos, incluindo nós, já usaram muitos pneus na qualificação,” explicou Webber.

O chefe de equipa da Red Bull Christian Horner também ficou muito satisfeito com o desempenho da equipa na qualificação de hoje. “Uma exibição fantástica da equipa e foi uma surpresa conseguir a pole e o terceiro lugar. É o resultado de todo o trabalho árduo que acontece fora da pista e na fábrica, conseguindo uma boa exibição durante esta qualificação excitante e renhida. O Sebastian quase que saiu de pista na Q1 e na Q2, depois conseguiu a pole na Q3, o que demonstra a dificuldade e o Mark esteve sempre muito bem. Esperamos conseguir uma corrida boa amanhã.”

nullGetty Images/Red Bull Content Pool
   

Uma equipa de Fórmula um é constituída por muitas pessoas, mas longe da pista o que é que faz os membros da equipa vibrar? Fica a conhecer o Diretor da equipa de Apoio Técnico Tony Burrows…

O que faz a equipa de Apoio Técnico?


A função principal é dar apoio à equipa da corrida. Ás vezes isso significa substituir alguém da corrida, mas trabalhamos mais nos testes do RB8, incluindo testes de aerodinâmica, testes de pista e testes de controlo. Também tratamos do programa de showcar.

Que preparação estão a fazer para o teste em Mugello, antes do GP Espanha?
Estamos preparamo-nos o mais possível, reunindo componentes do carro e olhando para a sua construção. Muitas peças estão no Bahrain, mas podemos trabalhar com as peças de desenvolvimento, construindo-as, juntando-as e coloca-las no carro.

Depois dos testes na pista, como é que relaxas?
Se tiveres sorte consegues ir para a cama no mesmo dia em que te levantas-te! Mas se tiveres oportunidade de te afastar, aí o descanso é igual para todos: sentar, beber um copo de vinho e tentar falar sobre qualquer coisa que não seja corridas.

Sem ser aquilo que fazes, diz uma coisa que és mesmo bom a fazer?

Não sei! Não sou muito de desporto ou algo parecido com isso. Costumo ler muito – livros de história. Sou fascinado pelo passado. Acho que tenho uns 1000 livros no meu iPad. O último que li foi sobre a influência britânica na Guerra Civil americana. Isso provavelmente seria muito aborrecido para muita gente, não? Em vez disso, digam-lhes que sou um grande jogador de basket – classe mundial!

Qual o melhor conselho que já recebeste?

Aponta as coisas. Estás sempre a receber tanta informação que te vais esquecer de coisas importantes. Por isso aponta as coisas. Já me salvou a vida algumas vezes e ainda salvará mais algumas.

Se não tivesses este emprego, o que estarias a fazer?
Penso que algo no ramo imobiliário. Já fiz algumas remodelações neste últimos anos. Há algum tempo, comprei uma casa no campo com 200 anos. Levei 7 anos a recuperá-la mas fiz um pouco de tudo – a ligação elétrica, canalização, novas janelas, novo telhado, tudo. Foi muito bom fazer isso tudo.

Este artigo foi escrito segundo o novo acordo ortográfico.
 

Detalhes