VENCEDORES.JPG

Quando tudo parecia correr de feição a Hannes Arch, que depois de vencer as qualificações estava fortemente motivado para reeditar sobre as águas do Golfo Arábico a vitória do ano passado, mas o rumo da corrida mudou 180 graus. O austríaco acabava por se transformar numa carta fora do baralho depois de sofrer uma pesada penalização durante a ronda inicial (Top 12), devido a voo perigoso. Este excesso de agressividade aos comandos impediu-o de ir além do 11º lugar na corrida de abertura da Red Bull Air Race World Championship, disputada no passado fim-de-semana em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos).

Neste arranque emocionante, o factor experiência acabou por se revelar um trunfo decisivo - com o britânico Paul Bonhomme a desfilar toda a sua classe e a conquistar 12 preciosos pontos; “Foi um excelente começo de época, estou mesmo fascinado com os acontecimentos durante a corrida. A temperatura esteve alta e o vento mudou subitamente, por isso foi muito complicado manter a concentração. Penso que não é uma coincidência o facto do pódio ter sido monopolizado pelos veteranos!”.

Nigel Lamb, outro veterano proveniente das terras de Sua Majestade, repetiu o segundo lugar conquistado em Barcelona na última corrida da época passada; “A táctica e a estratégia foram o segredo para vingar neste cenário de grande exigência.”. Lamb ficou a apenas 0.86 segundos de Bonhomme (1:14.06), enquanto que aquele que é considerado o pai da Red Bull Air Race - o húngaro Peter Besenyei - terminava em terceiro, a 7,12 segundos do líder.


A prestação dos dois novos “rookies” do campeonato, o brasileiro Adilson Kindlemann e o checo Martin Sonka, foi algo modesta - embora ambos tenham ainda assim terminado à frente do russo Rakhmanin.

Do Médio Oriente, o circo da F1 dos céus viaja até à Austrália, mais concretamente até Perth, onde tem lugar, a 17 e 18 de Abril, a segunda etapa de um mundial que em 2010 tem um total de 8 corridas.
 

Para mais informações:

www.redbullairrace.com
 

RESULTADOS ABU DHABI 2010
RED BULL AIR RACE WORLD CHAMPIONSHIP
NOME / AVIÃO / PAÍS
1º PAUL BONHOMME / EDGE 540 / GRÃ-BRETANHA (12 Pts)
2º NIGEL LAMB / MXS-R / GRÃ-BRETANHA (10 Pts)
3º PETER BESENYEI / MXS-R / HUNGRIA (9 Pts)
4º MICHAEL GOULIAN / EDGE 540 / EUA (8 Pts)
5º PETE MCLEOD / EDGE 540 / CANADÁ (7 Pts)
6º KIRBY CHAMBLISS / EDGE 540 / EUA (6 Pts)
7º MATTHIAS DOLDERER / EDGE 540 / ALEMANHA (5 Pts)
8º MATT HALL / MXS-R / AUSTRÁLIA (4 Pts)
9º NICOLAS IVANOFF / EDGE 540 / FRANÇA (3 Pts)
10º YOSHIHIDE MUROYA / EDGE 540 / JAPÃO (2 Pts)
11º HANNES ARCH / EDGE 540 / ÁUSTRIA (2 Pts)
12º ALEJANDRO MACLEAN / MXS-R / ESPANHA
13º MARTIN SONKA / EDGE 540 / REPÚBLICA CHECA
14º ADILSON KINDLEMANN / MXS-R / BRASIL
15º SERGEY RAKHMANIN / MXS-R / RÚSSIA

CALENDÁRIO 2010
RED BULL AIR RACE WORLD CHAMPIONSHIP
E.A.U.26/27 Março
Austrália17/18 Abril
Brasil08/09 Maio
Canadá05/06 Junho
E.U.A.19/20 Junho
Alemanha07/08 Agosto
Hungria19/20 Agosto
Portugal04/05 Setembro
 

Detalhes