10 dicas para seres um travel vlogger bem sucedido

Fun For Louis, estrela do YouTube, conta-te como podes começar uma carreira a viajar pelo mundo.
Por Pip Stewart (Adaptado pela Equipa redbull.pt)

Caso sejas uma daquelas pessoas que está sempre pronta para viajar, Louis Cole deve ter o teu trabalho de sonho. Louis, mais conhecido por Fun For Louis, viaja pelo mundo e faz vlogs das suas aventuras. O seu canal do YouTube tem cerca de 2 milhões de seguidores.

No novo documentário da Red Bull TV, Kings of Content, Louis partilha alguns insights que tornam os seus vídeos tão interativos.

Vê algumas dicas do Louis, que levaram ao sucesso a página Fun For Louis:

Fun for Louis tem 1.9 milhões de subscritores
Fun for Louis tem 1.9 milhões de subscritores © Louis Cole


1. Informa-te


O panorama tem mudado bastante desde que comecei o projeto. É cada vez mais difícil porque há um excesso de pessoas a criar conteúdo. Contudo, continuo a não acreditar que isso te impeça de fazer alguma coisa, mas terás de ser melhor para que o público possa reconhecer e acompanhar os teus vídeos. As plataformas de social media são importantes para ajudar a divulgar e a descobrir as pessoas. Sei que o YouTube tem uma nova tab de sugestões para os criadores emergentes para os ajudar a evoluir e serem reconhecidos.


2. Acreditar no conteúdo

"The very basic core of a man's living spirit is his passion for adventure." - Christopher McCandless

A post shared by Louis Cole (@funforlouis) on


Para mim, tem tudo a ver com a paixão e gosto com que fazes as coisas. Penso que os visualizadores conseguem logo reparar se estás a fazer os vídeos com prazer ou não. Algumas pessoas preferem o processo de edição, seleção ou som e outras preferem dar mais atenção à parte da partilha da sua personalidade e ponto de vista. Tem muito a ver com o tipo de pessoa.


3. Ser original

I never knew how beautiful Bergamo was! Definitely a hidden gem of Italy! ☀️

A post shared by Louis Cole (@funforlouis) on


Sê original e cria material que seja de possível visualização em qualquer lado. Por vezes é bom seguires algumas tendências e ver o que é mais popular, fazendo-o no teu próprio estilo e sem copiar ninguém.


4. Colabora com outras pessoas 


O que me ajudou a crescer desde o início foi encontrar outras pessoas para colaborar. Encontra pessoas para partilhar conteúdos - mesmo que seja para uma audiência pequena (para começar). Assim vais conseguir captar algum público noutros canais parecidos ao teu e vice-versa.


5. Compreender as plataformas de Social Media

So @nickmillerza was TRYING to get a cool photo of me...

A post shared by Louis Cole (@funforlouis) on


O YouTube é o meu principal canal, mas também estou interessado em compreender como o Facebook se irá desenvolver em termos de alojamento de vídeos. Eles introduziram recentemente uma nova ferramenta de pesquisa e sei que os vídeos do Facebook são bastante mais partilháveis porque é um dos objetivos desta plataforma. Eles também detêm o Instagram, que também permite fazer vídeos. Penso que os maiores players no vídeo online serão o YouTube e o Facebook - será que irão por caminhos diferentes? Será que vão ter ofertas diferentes? Ambos já permitem Live Streaming e conteúdo de 360º. Estou curioso para ver o que acontece!


6. Não há necessidade de investires logo num kit especial
 

Capturing the beauty of Mexico! • 📷: @samevanslife

A post shared by Louis Cole (@funforlouis) on


Começa com o teu smartphone. Não há nada mais importante do que a história que estás a partilhar e se estás a colocar a qualidade cinematográfica em primeiro lugar estás a fazê-lo de forma errada. Para poupar algum dinheiro, comecei por utilizar uma pequena câmara que não tinha muito boa qualidade e por vezes até se justificava umas lentes um pouco melhores, mas penso que não é necessário. Para ser honesto, costumo perguntar para mim mesmo porque é que não volto a utilizar uma câmara dessas, mais simples. Uma boa parte do meu público diz que quanto mais qualidade de imagem têm os meus vídeos, menos sentem que é algo "caseiro" e autêntico.


7. Não viajes com o objetivo de trabalhar

Exploring San Francisco! ❤ . 📷: @rayawashere 🔥

A post shared by Louis Cole (@funforlouis) on


Não irei encorajar pessoas a entrar de forma forçada numa carreira de vlogging. É muito complicado chegares ao ponto de começar a ter um rendimento. Se é uma paixão para ti, começa a fazê-lo mas como hobby e vê como te safas. Nunca partas com a expetativa de que irás ganhar algum dinheiro.

Percorrendo um longo caminho, se conseguires conquistar audiência, ela pode guiar-te numa boa direção e alcançares um público mais vasto. É exatamente a mesma coisa que ocorre com qualquer habilidade: começa como um hobby e depois vais aprendendo e evoluindo. Os músicos profissionais não começam logo a ganhar dinheiro quando entram em bandas. São necessários muitos ensaios para criar algo que seja possível vender. É dessa forma que tens de encarar esta questão.


8. Procura marcar a diferença

Now I'm the king of the swingers! The jungle V.I.P 🐒 📷: @doyoutravel

A post shared by Louis Cole (@funforlouis) on


A minha esperança é que ao ser eu mesmo, ao ser honesto e partilhar o que faço de um modo positivo, consiga inspirar pessoas a conhecer o mundo e a viajar ou a viver com uma atitude mais aventureira.

Sabendo que tenho esta enorme plataforma, é importante para mim que as mensagens transmitidas sejam importantes. É muito fácil ser apanhado em coisas superficiais ou menos importantes e ser absorvido por elas. Quero promover uma mensagem de consciência social para com o mundo que nos rodeia, na forma em como tratamos as pessoas, animais, o planeta - são essas as mensagens que quero explorar.


9. Não tenhas medo de mostrar a tua personalidade

Nothing is more romantic than a CANNONBALL! 💦

A post shared by Louis Cole (@funforlouis) on


Tenho mostrado aos meus seguidores a minha jornada. Originalmente o meu canal de YouTube chamava-se FoodForLouis, e os vídeos eram sobre mim a coisas esquisitas (incluindo animais). Atualmente sou vegan e partilhei esse processo. Para mim é um tipo de conteúdos que é poderoso, porque as pessoas podem ver que é a verdadeira realidade e não algo encenado.


10. Não fiques obcecado

Aqua Man! 💦 📷: @dannyseoul

A post shared by Louis Cole (@funforlouis) on

Como não tenho um patrão posso fazer os horários que quiser e tirar as folgas que entender. Tirei imenso tempo livre desde que voltei ao Reino Unido.

No princípio era muito disciplinado e dedicado. Nunca fazia pausas e isso deixou-me exausto. Agora já aprendi a controlar melhor o esforço e o cansaço.

Não voltarei a ser super restrito. Gosto da ideia de ter fim de semana. Penso que eles existem na sociedade por alguma razão. Penso que é ótimo poder tirar um par de dias de folga!

 

No novo documentário da Red Bull TV, Kings Of Content, conhece melhor Fun For Louis.

read more about
Next Story