As 8 cartas de Un’Goro que enganaram toda a gente

Estas cartas tiveram o destino oposto daquele a que estavam destinadas.
As 8 cartas de Un’Goro que enganaram toda a gente
As 8 cartas de Un’Goro que enganaram toda a gente © Blizzard
Por James Pickard

Como é natural, a primeira coisa que pros e analistas fazem assim que são reveladas novas cartas de uma expansão de Hearthstone é discutir o seu potencial. Nesta mistura de alguma experiência com muita especulação, existe larga margem para julgar mal uma carta: a meta pode tomar uma direcção diferente, novos decks podem surgir e empurrar os jogadores para cartas que lhes fazem counter, e cartas que pareciam inofensivas podem acabar por ser poderosas.

Um mês depois do lançamento de Un’Goro, vamos olhar para as cartas que apanharam muitos jogadores desprevenidos e para aquelas que muitos acharam que iriam dominar o jogo, mas que pouco ou nenhum impacto tiveram.

Lakkari Sacrifice

Trump, da Tempo Storm, deu umas generosas 5 estrelas a Lakkari Sacrifice. Um mês de Un’Goro depois, está mais que visto que a carta não vale sequer duas, e sendo generosos.
Com a mecânica de descartar cartas a contar com uma boa sinergia com várias cartas de Warlock, Lakkari Sacrifice pareceu poderosíssima à primeira vista. Um portal que não pode ser removido e está sempre a meter imps 3/2 na board ? Extraordinário!
Infelizmente, este potencial não se traduziu em nenhum arquétipo de sucesso e o entusiasmo inicial já foi todo por água abaixo. Para tornar as coisas mais feias, a classe Warlock deixou praticamente de ser jogada e, das poucas vezes que ainda aparece, é com o clássico Zoolock ou, muito raramente, com Handlock.

Fire Plume’s Heart

As 8 cartas de Un’Goro que enganaram toda a gente
As 8 cartas de Un’Goro que enganaram toda a gente © Blizzard

O mesmo Trump que deu à quest de Warlock 5 estrelas, classificou a de Rogue com apenas 1 estrela. Fire Plume’s Heart é, actualmente, a quest mais jogada e influente de todas. Juntamente com Pirate Warrior, Quest Warrior tornou-se NO DECK de eleição para subir na ladder e uma escolha dos pros em torneios.
Antes do lançamento da expansão, as objecções em relação a esta carta prendiam-se com o elevado requisito de jogar 7 minions com taunt. Estes minions, que por norma têm um poder inferior ao que seria de esperar numa carta com o seu custo, pareciam não encaixar no deck sem sacrificar a consistência do mesmo noutros pontos. Um número de cartas de Un’Goro ajudou ao sucesso desta quest, incluindo a próxima entrada nesta lista.

Stonehill Defender

Parte da razão por trás do poder de Fire Plume’s Heart é este minion 1/4 por 3 de mana. Apesar de envergonhar o clássico Silverback Patriarch, este gerador de minions com taunt não parecia nada de extraordinário nos primeiros dias de Un’Goro. O seu potencial estava reservado aos decks de Paladin, onde despertava algum entusiasmo uma vez que a mecânica Discover poderia resultar em minions poderosos como Tirion Fording, Wickerflame Burnbristle e Sunkeeper Tarim. No entanto, e embora Stonehill Defender tenha tido sucesso em Paladin, foi em Quest Warrior que realmente brilhou, tornando o objectivo de 7 minions com taunt muito fácil de atingir.

Gluttonous Ooze

Durante muito tempo, quando era necessário removal para armas só tínhamos duas opções viáveis: Acidic Swamp Ooze ou Harrison Jones. Embora ambas ainda vejam jogo, parecia sempre forçado incluir uma ou outra num deck só para combater determinadas classes. Gluttonous Ooze chamou a atenção pelo facto de ser mais uma opção para lidar com esta situação e, além de comer uma arma, convertia o seu ataque em armadura.
O que lhe aconteceu? Nada. Embora comece a aparece aqui e ali, continua a ser ignorado pela maioria dos jogadores, apesar de não faltarem armas de Pirate e Quest Warrior, Midrange Hunter e Paladin para destruir.

The Caverns Below

No ponto oposto a Lakkari Sacrifice está a quest de Rogue The Caverns Below. Preocupações relativas à sua viabilidade era algo que não faltava antes do lançamento de Journey to Un’Goro. A maior delas era o argumento de que se passasses os teus primeiros turnos apenas a jogar a mesma carta uma e outra vez, o teu oponente poderia acabar contigo sem que desses qualquer luta. Isto pode ter acontecido a vários jogadores que tentaram encontrar o Crystal Core, mas outros viram-se a dominar ladder nos primeiros dias de Un’Goro, felizes da vida por poderem jogar Stonetusk Boars, Wisps e outras cartas previamente inúteis que passaram a minions 5/5 por 0 ou 1 de mana.

Glacial Shard

As 8 cartas de Un’Goro que enganaram toda a gente
As 8 cartas de Un’Goro que enganaram toda a gente © Blizzard

É fácil ignorar o poder de cartas que parecem normais e Glacial Shard é o tipo de minion que, por ter apenas um corpo 2/1 por 1 de mana, não inspirou muita gente quando foi revelado. No entanto, merece alguma atenção já que a habilidade de dar freeze a um inimigo por apenas 1 de mana pode ser vital para preparar uma win condition ou atrasar o oponente. Embora não seja uma carta que vá ver muito jogo em constructed, é um pick seguro para decks mais agressivos em Arena, por mais básica que pareça.

Lyra the Sunshard

Com a habilidade de dar ao jogador spells aleatórios de Priest sempre que outro spell é jogado, muitos contavam que Lyra acabasse por ter o mesmo destino de “Lock and Load”, uma carta de Hunter com um efeito similar que precisamos de te relembrar que existe porque o único jogo que viu foi no ocasional Tavern Brawl.
Embora não tenha um peso na meta tão grande quanto outras cartas nesta lista, a verdade é que Lyra continua a aparecer em decks de Priest devido à sua habilidade para gerar combos e salvar ocasionalmente o jogo com o seu RNG.

Living Mana

Living Mana é capaz de ter sido a carta que, inicialmente, mais opiniões dividiu. Era difícil prever o seu impacto simplesmente porque nunca existiu nenhuma carta similar em Hearthstone. No entanto, o consenso tendeu no sentido de a rotular de injogável. Arriscar mana para encher a board de minions 2/2 quando Devolve Shaman ou Freeze Mage os poderia destruir no turno seguinte? Não, obrigado. No entanto, parece que os medos iniciais se desvaneceram e que encontrou uma casa em Aggro Druid, onde é um poderoso finisher e uma alternativa aos decks de Jade.

Para mais cobertura de Hearthstone, segue-nos no Twitter e no Facebook.

read more about
Next Story