Travado pelo pó

O Dakar voltou à estrada e Hélder Rodrigues rompeu pelo pó para conseguir o sétimo lugar do dia.
Em ação
Por Equipa redbull.pt

Depois de um merecido dia de descanso o Dakar 2014 voltou ontem com a a 7.ª etapa, que foi simultaneamente a primeira da segunda metade da prova e a primeira de uma jornada maratona que terminará apenas hoje, quando a caravana chegar a Calama, no Chile, depois de dois dias passados na Bolívia, o quarto país da América do Sul a receber a passagem deste grande rali, depois da sua saída de África.

Ontem, os concorrentes das motos e apenas eles, tiveram pela frente a estreia de uma etapa na Bolívia, toda ela disputada a mais de três mil metros de altitude onde, para além das elevadas temperaturas, a jornada ficou marcada pelo muito pó levantado pelas motos dos participantes e pelo entusiasmo dos espectadores sempre com milhares de bandeiras da Bolívia em tudo o que eram povoações por onde o rali passou.

Boa disposição

Para Hélder Rodrigues, que foi o sexto piloto a arrancar para o troço cronometrado, o dia ficou marcado pela forma como foi travado ao longo de quase todo o troço pela Yamaha de Michael Metge, que o piloto oficial da equipa Honda HRC só conseguiu ultrapassar perto do final, aproveitando então para forçar um pouco o andamento e melhorar assim a sua prestação na etapa onde chegou a rolar com o 11.º tempo, vindo todavia a terminar em 7.º lugar.

Hoje a etapa das motos disputa-se toda ela em torno do maior lago salgado do mundo, o Salar de Uyuni. Uma etapa que será disputada toda ela acima dos 3600 metros de altitude!

read more about
Next Story