Equipas do Dakar prontas para lutar pelo título

A menos de dois meses para a prova, os favoritos preparam os seus motores.
Por Equipa Red Bull

Para 2015, a organização do Dakar quer levar a mais dura prova do mundo de regresso às origens abrindo a exaustiva maratona a todas as classes. O ponto de partida e chegada voltará a ser em Buenos Aires, a capital da Argentina, que recebeu inicialmente o rally em 2009. Mas nem tudo será um regresso ao passado. O dia de descanso será em Iquique mas em dias diferentes para as diferentes classes: automóveis e camiões irão descansar no dia 10 de Janeiro, enquanto motas e quads descansam dia 12 de Janeiro - isso significa mais acção no Dakar. O Dakar 2015 irá passar pela Bolívia e Chile numa volta de 9000km que irá incluir passagem por Termas de Río Hondo e com regresso marcado a Buenos Aires.

O atual campeão na categoria de motos e um dos favoritos para a próxima edição do rali, Marc Coma parte em busca do pentacampeonato. O espanhol quer manter a supremacia da equipa KTM. A marca austríaca venceu as últimas 13 edições do rali mais difícil do planeta, mas terá de superar a equipa da Honda, liderada pelo português Hélder Rodrigues, que tem como objectivo o pódio.

Na categoria de automóveis, o Dakar 2015 tem grandes novidades. Após 25 anos ausente da maior prova off-road do planeta, a Peugeot regressa em grande estilo e com uma equipa de peso. Stéphane Peterhansel, Carlos Sainz e Cyril Despres serão os responsáveis por pilotar o 2008 DKR. O trio soma nada menos que 17 títulos.

Peugeot 2008 DKR 2015 Dakar Rally Car
O carro de Stéphane, Carlos e Cyril © Peugeot Sport

Com 11 triunfos, sendo seis em duas rodas, Peterhansel não dispensa elogios à nova máquina.

"Nunca pilotei um carro com uma suspensão com tanto curso. A primeira grande surpresa é a maneira como o 2008 DKR se comporta em buracos e solavancos. Habituei-me a ser atirado de um lado para o outro como um boneco de pano, mas o comportamento deste carro é infinitamente mais eficiente e suave. Sempre que estou à espera de um impacto mais forte, o sistema de suspensão e os pneus grandes absorvem o impacto. Isso faz com que consiga fazer terrenos irregulares a 120-130 km/h e não a 80 km/h. Vou precisar adaptar o meu estilo de condução, até porque, o facto de o carro ter tração em duas rodas muda tudo!"

Depois de cinco títulos nas motos, Cyril Despres decidiu encarar um novo desafio na sua carreira e parece estar a gostar:

"Isto foi muito louco! Foi muito melhor do que eu imaginava que seria! E ainda estou longe de acelerar tudo e tirar todo o potencial do carro. Querem saber? Eu tenho o melhor emprego do mundo! Nunca imaginei estar dentro de um carro assim. É incrível!"

Revelou o atleta, após um dos primeiros testes da equipa Peugeot, no sul da França.

Hélder Rodrigues nos treinos para o Dakar
Concentrado nos treinos © Flavien Duhamel/Red Bull Content Pool

Depois de uma vitoriosa carreira e dois títulos no Campeonato Mundial de Rali (WRC), Carlos Sainz passou aventurar-se no Dakar, consagrando-se campeão em 2010. Aos 52 anos, o espanhol quer mais e tem em suas mãos um carro a altura para ir buscar mais uma conquista para seu currículo.

Outro piloto que quer voltar aos seus melhores dias é Nasser Al-Attiyah. Vencedor na edição 2011, o príncipe do Qatar disputará o próximo rali à bordo de um Mini, carro que dominou a prova nos últimos anos.

"Venci o Dakar em 2011 e sinto que já passou demasiado tempo! O rali é uma das corridas mais difíceis e complexas do mundo. O carro está muito bem adaptado ao terreno da prova e queremos a vitória, mesmo sabendo que os adversários são muito fortes. Mas o Dakar não é uma prova em que a velocidade é importante, é preciso ter tudo a funcionar muito bem, principalmente, ter a melhor preparação e experiência", afirmou Nasser Al-Attiyah.

Nos camiões, a equipa Kamaz pretende manter a hegemonia na América do Sul. Campeões em cinco das seis edições realizadas em solos sul-americanos, os russos tentam repetir o sucesso de 2014, quando dominaram o pódio, com quatro veículos entre os cinco primeiros.

read more about
Next Story