Etapa 4: Barreda triunfa e Al-Attiyah surpreende

Barreda mostrou-se mais forte que Coma e Al-Attiyah foi o rei das Dunas
Por Jonathan Campkin

A quarta etapa do Dakar viu os pilotos entrarem no Chile, ultrapassarem altitudes extremas, enfrentar a dura realidade do deserto de Atacama e passar as dunas gigantes.
 

Depois de deixarem Chilecito, na Argentina, as motas, carros e quads enfrentaram uma especial de 315 km extremamente desafiante, com os camiões a enfrentarem 174 km a caminho de Copiapó.

 

Joan Barreda a caminho da vitória da Etapa 4
Joan Barreda - Um homem com uma missão © Red Bull Content Pool

 

Motas: Barreda estende a sua liderança


 O piloto da HRC, Joan Barreda teve uma luta renhida  com o campeão Marc Coma pela primeira vez na edição deste ano e saiu por cima, ganhando a sua segunda etapa deste ano de forma sublime.


Barreda conseguiu reaver os dois minutos a partir do défice do piloto da KTM, que foi incapaz de manter o ritmo do vencedor da etapa.


Na classificação geral, Barreda tem uns 12 minutos de avanço, bastante confortáveis, do seu competidor mais próximo, Marc Coma, tendo ultrapassado Paulo GonçalvesMatthias Walkner.


Pablo Quintanilla
fechou o top 3, com a sua melhor performance até agora, no rali que tem lugar na sua terra natal.

 

Ruben Faria conseguiu manter um ritmo estável e terminar no 5º lugar da classificação, estando neste momento na 4ª posição da tabela geral.
 

Hélder Rodrigues começou bem, mas uma avaria impediu o piloto de avançar mais na tabela, uma vez que perdeu preciosos 20 minutos.

 

Classificação da etapa 4:
1. Joan Barreda (Honda) 3h 27m 28s
2. Marc Coma (KTM), +1m 59s
3. Pablo Quintanilla (KTM), +2m 49s
4. Jordi Viladoms (KTM), +10m 44s
5. Ruben Faria (KTM), +10m 55s


Classificação provisória:
1. Joan Barreda (Honda), 13h 10m 33s
2. Marc Coma (KTM), +12m 49s
3. Paulo Gonçalves (Honda), +20m 29s
4. Ruben Faria (KTM), +23m 5s
5. Jordi Viladoms (KTM), +24m 51s

Nasser Al-Attiyah - Dakar 2015 etapa 4
Nasser Al-Attiyah - Dakar 2015 Etapa 4 © Red Bull Content Pool

Carros: Al-Attiyah segue na frente

O piloto Qatari Nasser Al-Attiyah deixou os seus rivais mais próximos sem hipótese, acelerando nos km finais da etapa, conseguindo assim a segunda vitória na edição deste ano.
 

Foi uma disputa renhida, entre os cinco pilotos, na maioria do tempo da especial, até o vencedor da edição de 2011 do Dakar ganhar terreno e deixar todos para trás nas dunas gigantes de Copiapó.


Nani Roma conseguiu o seu melhor resultado até agora, com um sólido segundo lugar, seguido pelo sempre consistente Giniel de Villiers.


Classificação da etapa 4:
1. Nasser Al-Attiyah (Qatar Rally Team) 3h 09'18"
2. Nani Roma (Mini) +02’40”
3. Giniel de Villiers (Toyota), +02’57”
4. Yazeed Al-Rajhi (Toyota), +03’25”
5. Stephane Peterhansel (Peugeot) +05'48"
 

Classificação provisória:
1. Nasser Al-Attiyah (Qatar Rally Team) 12h 30'44"
2. Giniel de Villiers (Toyota) +08’15”
3. Yazeed Al-Rajhi (Toyota), +23’33”
4. Bernhard ten Brinke (Peugeot) +42’32”
5. Krzysztof Holowczcy (Toyota) +43’30”

Stéphane Peterhansel - Dakar 2015 etapa 4
Peterhansel no Peugeot 2008 DKR © Red Bull Content Pool

A equipa Peugeot-Total de Stephane Peterhansel terminou em quinto lugar, na sua melhor prestação deste ano. O francês de 49 anos pareceu sentir-se mais confortável nesta etapa, com o seu PEUGEOT 2008 DKR, mostrando-se focado o tempo todo. 


Infelizmente o seu companheiro de equipa Carlos Sainz não teve a mesma sorte uma vez que o dia foi preenchido por problemas técnicos.

 

Camiões: Kamaz no comando
 

A poderosa força motriz que é a Kamaz, está de volta e bem, com o russo Eduard Nikolaev a reivindicar a vitória sobre o seu companheiro de equipa Andrey Karginov. Três pilotos Kamaz separados por menos de dois minutos, no topo da classificação geral.
 

O terceiro lugar de Airat Mardeev foi suficiente para manter a liderança, mas tem o campeão do ano anterior, Eduard Nikolaev atrás de si sedento de vitória.


Classificação da etapa 4:
1. Eduard Nikolaev (Kamaz) 2h 06’54”
2. Andrey Karginov (Kamaz) +00’57”
3. Airat Mardeev (Kamaz) +06’10”
4. Ales Loprais (Man) +10’57”
5. Hans Stacey (Iveco) +11’26”


Classificação provisória:

1. Airat Mardeev (Kamaz) 10h39’26”
2. Eduard Nikolaev (Kamaz) +01’57”
3. Andrey Karginov (Kamaz) +02’05”
4. Ales Loprais (Man) +12’42”
5. Hans Stacey (Iveco) +17’58”

Andrey Karginov - Dakar 2015 etapa 4
Karginov em pressão numa subida em Mardeev © Red Bull Content Pool

Joan Barreda:

Comecei atrás do Coma e os primeiros km foram muito difíceis. Dei tudo e felizmente consegui alcançar a vitória!
Até agora está tudo a correr como planeado, e espero que assim se mantenha.

 

Marc Coma:

Apesar de não ter ganho estou muito satisfeito. Vamos tentar elevar a fasquia. Foi uma etapa muito difícil onde a navegação foi crucial. Dei o meu melhor mas não foi suficiente.

 


Ruben Faria: 
 

A cerca de 50 km do final fiquei sem o route book. O botão não andava para a frente, tinha que ser à mão e era bastante lento e aproveitei ir aqui na boleia do Alain Duclos, que ele ia bastante bem. Só que aqui a 10 km do fim, ele fez uma pequena asneira e eu fui atrás dele e quando demos pela asneira já tínhamos perdido muito tempo. Já o Paulo e o Quintanilla nos tinham apanhado e depois foi vir até ao final com eles. Estava a ser um excelente dia, até aqui a 10 km do final, mas não deixa de ser uma boa etapa. É pena este erro que cometi, mas não deixa de ser uma boa etapa. E mais um dia que passou e isso deixa-me bastante contente.



Stephane Peterhansel:

No fim conseguimos fazer um bom trabalho apesar de algumas dificuldades.
Tivemos medo que estivesse algo partido, porque ouvíamos um barulho muito alto continuamente. Mas obviamente não foi nada sério.

 

Etapa 5: Quinta-feira, 8 de Janeiro

Copiapo - Antofagasta

Ligação: 239km, Especial: 458km

As rápidas pistas do início da etapa vão ser uma ótima oportunidade para ganhar algum tempo, mas os competidores vão ter de estar atentos ao caminho à medida que este se vai desenrolando. Ultrapassar nestas áreas irá requerer concentração total e um excelente manuseamento das máquinas.

read more about
Next Story