Ruben Faria na quarta etapa

Subida a quarto na entrada no Chile
Ruben Faria na quarta etapa
Ruben Faria na quarta etapa © KTM Images/Red Bull Content Pool
Por Hype Communications

O Dakar 2015 entrou hoje em território chileno.

Depois de uma longa ligação que levou os pilotos até ao Paso de San Francisco para atingirem território chileno, as pistas de pedra do país sul-americano e as dunas de Copiapo no deserto do Atacama receberam pela primeira vez nesta edição os resistentes de um Dakar que se tem mostrado demolidor para muitos dos pilotos. Hoje não foi um dia de excepção e os mais de 900 quilómetros cumpridos entre ligação e especial voltaram a trazer dissabores mas também alegrias aos pilotos.


Ruben Faria iniciou a especial na sétima posição e cedo começou a conquistar posições numa especial que logo nos seus primeiros quilómetros trouxe alguns problemas a alguns dos seus rivais. Sem exagerar e sempre num ritmo rápido mas seguro o piloto da KTM mostrou novamente perante a concorrência que está neste Dakar para lutar pelos lugares de pódio, onde já esteve em 2013 ao lado de Cyril Després quando fechou a prova sul-americana em segundo.


Hoje o piloto de Olhão cedo se instalou no quarto posto que geriu da melhor forma até à derradeira secção da especial marcada pelas dunas de Copiapo nas derradeiras quatro dezenas de quilómetros. Rodando em conjunto com um dos seus adversários Ruben acabou por fechar a etapa na quinta posição, o que lhe valeu subir um lugar na classificação geral para ser quarto no final desta primeira fase da semana de abertura do Dakar.
 

Naturalmente que estou satisfeito com o dia de hoje porque acima de tudo foi mais uma etapa que ultrapassei. Hoje foi novamente um dia complicado com muitos quilómetros em pistas de pedra que exigiam também muita atenção na sua escolha pois qualquer falha nos colocava de imediato fora do ritmo. No final os 40 quilómetros de dunas são já nossos conhecidos mas mais uma vez a navegação foi decisiva e descer de quarto para quinto no final da especial não foi problemático, como aliás nada representa neste momento o quarto posto da geral. As diferenças são muito curtas entre os primeiros e temos que continuar a ser regulares dia após dia, pois só assim poderemos estar na frente no dia de chegada a Buenos Aires.



Amanhã Ruben Faria enfrenta a quinta etapa do Dakar 2015, totalmente realizada em solo chileno com ligação entre Copiapo e Antofagasta. Serão 458 quilómetros de especial cronometrada onde as pistas rápidas poderão ser aproveitadas pelos pilotos mais velozes e que assumam o risco nas zonas de ‘fesh-fesh’ onde as ultrapassagens serão mais arriscadas.

read more about
Next Story