Sébastien Ogier visa o histórico Tri

Vê a antevisão do Rali da Austrália e as expetativas de Ogier.
© Jaanus Ree/Red Bull Content Pool
Por Tim Sturtridge

A vitória no Rali da Alemanha pode ter sido a cereja no topo do bolo para a Volkwagen, mas para Sébastien Ogier a prioridade será sempre o campeonato mundial. Ogier e o seu co-piloto Julien Ingrassia podem garantir o 3º título no WRC já este fim de semana, no Rali da Austrália.

Ficam aqui os pensamentos do piloto da Volkswagen Polo R WRC sobre a possibilidade de fazer história e também sobre a rivalidade saudável que existe dentro da equipa.

 

As tuas vitórias contribuíram para que a França ultrapassasse a Finlândia como o país mais vitorioso no WRC. É um feito incrível, não é?
Eu sou apenas um pedaço da historia que contribuiu para que isso, tal como muitas outras pessoas. É uma boa estatística mas talvez as coisas possam mudar no futuro. Claro que farei o meu melhor para manter o meu país na frente. Não é uma missão fácil porque o meu colega Jari-Matti Latvala contribui para que a competição seja intensa.

 

Se ganhares o Rali da Austrália podes também ser o segundo piloto com maior sucesso no WRC, ficando à frente de Marcus Grönholm. O significaria este registo para ti?
São estatísticas. As estatísticas não fazem parte gratificante deste trabalho. No entanto, se o sucesso estiver acompanhado pelo trabalho, será recebido com prazer. Ultrapassar grandes nomes como Carlos Sainz e Marcus Grönholm é um motivo de orgulho.

 

Disseste que o teu plano é ganhar o título já na Austrália. Mas a possibilidade de ganhares em França, no teu país, não afrouxa o teu objetivo?
Isso não faz parte do meu estilo de condução. Tu nunca sabes o que pode acontecer, por isso o que eu quero é garantir já o título. O meu primeiro campeonato foi em França, o segundo em Espanha, por isso, se o terceiro acontecer na Austrália eu ficarei feliz.

 

Venceste as duas últimas edições do Rali da Austrália. Qual é a chave para ganhar?
Não há grande segredo. Na maioria dos ralis deste ano, as batalhas têm sido apertadas e alguns resultados foram decididos nas fases finais. Eu sei que na Austrália vou ter que dar o meu melhor desde o início e se o tempo estiver seco terei de abrir a estrada. Vai ser muito complicado.

 

Segue a nossa página de Motorsports no Facebook!

read more about
Next Story