9 verdades sobre a Red Bull que parecem mentira

Mesmo assim ainda tem muita gente que não acredita!

Felix Baumgartner
Felix Baumgartner© [unknown]

Os últimos dias na rede social do tio Mark serviram para nós conhecermos 10 fatos sobre a vida dos nosso amigos, parentes, do chefe, dos conhecidos, dos contatinhos e etc. Na nova febre do Facebook, "9 verdades e 1 mentira", o esquema é desafiar seus contatos para saber quem consegue adivinhar entre os 10 fatos, qual deles é a mentira. Bom, no nosso caso vai ser um pouco diferente.

Apresentamos nove verdades sobre a Red Bull que parecem mentira. E pra você acreditar em cada uma delas, é só se ligar no que vêm a seguir.

1. Jogamos um homem da estratosfera. E ele sobreviveu!

Num domingo, dia 14 de outubro de 2012, em Roswell, no estado americano do Novo México, o paraquedista protagonizou o maior salto livre já registrado na história da humanidade. Ele saltou da estratosfera, a mais de 38.000 metros de altitude. Veja como tudo aconteceu no incrível projeto Red Bull Stratos - Uma Missão À Beira do Espaço.

2. Uma atleta nossa subiu e desceu o Aconcágua em 24h

No dia 22 de fevereiro de 2016, a ultramaratonista entrou para o seleto grupo de recordistas mundiais ao se tornar a primeira mulher no mundo a subir e descer o monte Aconcágua em menos de 24 horas. Duvida? Só dar o play no vídeo.

3. Ganhamos quatro títulos de F1

O céu é o limite: Vettel leva título em 2010
O céu é o limite: Vettel leva título em 2010© Getty Images/Red Bull Content Pool

A Red Bull Racing participou da sua primeira temporada de Fórmula 1 em 2005, mas apenas cinco anos depois veio a primeira conquista do mundial de construtores exatamente no Brasil. Em Abu Dhabi, veio o mundial de pilotos com o alemão Sebastian Vettel. Em 2011, veio o Bicampeonato de construtores e pilotos - Sebastian Vettel sagrou-se bicampeão. Em 2012, foi o ano do tricampeonato de construtores e pilotos, além de Sebastian Vettel levantando o caneco pela terceira vez. Por fim, em 2013, a Red Bull Racing levou o tetracampeonato de construtores e pilotos. Não muito diferente dos anos anteriores, Sebastian Vettel foi o campeão com 397 pontos.

4. Fizemos uma corrida de bicicleta dentro de uma mina 

Ciclista em um bike descendo em uma trilha
Descendo a uma velocidade de 60km/h© Fabio Piva/Red Bull Content Pool

Já imaginou descer 120 metros de profundidade – o equivalente a um prédio de 30 andares – numa bicicleta? E tudo isso dentro de uma Mina de Ouro? Realmente aconteceu e foi no Red Bull Desafio na Mina! Em março de 2006, 20 atletas do Brasil e do mundo, entraram na Mina da Passagem, que fica na histórica cidade de Mariana/MG - e desceram pedalando dentro de cavernas, com depressões e obstáculos naturais em uma velocidade de 60km/h. O grande vencedor foi o inglês

5. Levamos 4 atletas brasileiros à Rio 2016. Todos ganharam ouro!

Fim da disputa contra os austríacos
Fim da disputa contra os austríacos© Sebastian Marko/ Swatch Beach Volleyball Major Series/ Red Bull Content Pool

e , a dupla do vôlei de praia, levou o ouro nos Jogos Olímpicos de 2016, além de com a conquista inédita da Seleção Brasileira e , no vôlei masculino.

6. Fizemos uma competição de escalada no prédio da Gazeta, no meio da Avenida Paulista

Dez escaladores encararam o Edifício Gazeta em SP
Dez escaladores encararam o Edifício Gazeta em SP© Fabio Piva/Red Bull Content Pool

A primeira edição do Red Bull Selva de Pedra, que aconteceu em setembro de 2014, levou os dez melhores escaladores do Brasil a encararem um dos prédios mais icônicos de São Paulo: o edifício Gazeta. Debaixo de uma garoa fina, um público de seis mil pessoas presenciou o gaúcho Dione Capelani se destacando entre os demais e conquistando o caneco. Saiba tudo que rolou aqui!

7. Paramos a 23 de maio e colocamos um carro de F1 pra correr do Teatro Municipal até o Obelisco

Para promover o Grande Prêmio do Brasil de 2006, o então piloto de testes da Red Bull Racing, Michael Ammermueller, saiu do Teatro Municipal, no centro, passou por avenidas como Ipiranga, São Luís e São João, até chegar ao Obelisco do Parque do Ibirapuera. O piloto levou pouco mais de 2min para percorrer os 7,7km do trajeto entre um ponto e outro, além de atingir uma velocidade de 246 km/h na Avenida 23 de Maio.

8. Levamos 1 milhão de pessoas para assistirem uma corrida entre aviões em plena Baía de Guanabara

Frank Versteegh
Frank Versteegh© balazsgardi.com/Red Bull Content Pool

O Brasil faz parte da história do Red Bull Air Race. Em 2007, uma das etapas do Mundial de Corrida de Aviões foi realizada no Rio de Janeiro e teve como cenário a Baía de Guanabara. Na ocasião, cerca de 1 milhão de pessoas acompanharam ao vivo a etapa brasileira, direto da Praia de Botafogo. Veja mais aqui!

9. Um atleta saltou do braço do Cristo Redentor 

Deus é mais
Deus é mais© Wolfgang Luif/Red Bull Content Pool

Antes de conquistar a estratosfera, Felix Baumgartner tinha protagonizado outro momento épico da história do B.A.S.E. jumping. No dia 03 de dezembro de 2001, ele saltou de um dos braços do Cristo Redentor.

Escrito por Equipe Red Bull