MTB

Copa do Mundo de Mountain Bike tem transmissão ao vivo inédita em português

© Bartek Woliński
Segunda etapa do cross country da Mercedes-Benz UCI MTB World Cup em Albastadt, Alemanha contará pela primeira vez com transmissão da Red Bull TV com comentários em português
Escrito por Red BullPublicado em
A Copa do Mundo de Mountain Bike na modalidade Cross-Country Olímpico, na Alemanha, promete ser ainda mais especial: pela primeira vez, a competição terá uma transmissão ao vivo, em português. A partir das 6h (horário de Brasília), os amantes do ciclismo podem acompanhar todas as emoções na Red Bull TV.
A locução do evento ficará a cargo da mineira Andrea Marcellini. Um dos grandes nomes do esporte, ela é idealizadora da ‘Hora do Blush’, projeto que incentivou mulheres a pedalarem, e foi uma das organizadoras das provas de ciclismo nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016.
Estou extremamente orgulhosa em saber que o Brasil terá um tratamento tão especial ao esporte. O português será o terceiro idioma a ser introduzido em transmissões da UCI na Red Bull TV, depois do alemão e do oficial, que é o inglês.
Andrea Marcellini
“Nosso mountain bike está em grande forma. Nunca tivemos tão bons e consistentes resultados, tanto no masculino quanto no feminino. Estou extremamente orgulhosa em saber que o Brasil terá um tratamento tão especial ao esporte. O português será o terceiro idioma a ser introduzido em transmissões da UCI na Red Bull TV, depois do alemão e do oficial, que é o inglês. Sinto-me honradíssima em ser a voz que fará a transmissão e estou me preparando dia e noite para não fazer feio”, afirma a narradora.
Es geht bergab
Es geht bergab
A primeira transmissão acontecerá às 6h (horário de Brasília), com a grande final feminina da competição. A brasileira Raiza Goulão, que vive ótimo momento, pode surpreender na prova. 
Já às 9h15, é a vez dos homens pedalarem forte rumo ao título da etapa. Quarto melhor no ranking internacional da UCI e com grandes resultados na temporada (campeão do Brasil Challenge Internacional; terceiro colocado no Cape Epic; e oitavo na etapa de Stellenbosch da Copa do Mundo), Henrique Avancini é o principal nome do País na prova. Entusiasmado com a inédita transmissão ao vivo, em português, o atleta olímpico prevê uma etapa bastante disputada em Albstadt, neste final de semana.
“Largar como quarto do ranking mundial é algo estimulante, mas não vejo como uma pressão a mais. Eu estou bem tranquilo para as próximas etapas, muito em função da preparação que eu fiz. Eu quero ser consistente no ano. Ainda não arrisquei na preparação e me sinto muito bem”, afirma o ciclista.
A competição masculina ainda contará com os seguintes brasileiros em ação: Luiz Henrique Cocuzzi (atual campeão nacional de MTB XCO); Rubens Valeriano e Guilherme Muller.

XCE

Como outra novidade, a etapa da Alemanha trará, pela primeira vez na história da competição, o short track. Assim, a definição do grid não será dada pela classificação da Copa do Mundo, e sim pelo resultado final nesta mini-prova, o que pode provocar grandes alterações e boas disputas logo de cara, pois definirá as duas primeiras filas. Com subidas bastantes íngremes e descidas rápidas, a prova exige bastante do potencial dos competidores e de estratégias consistentes em busca do título da etapa.
Vai ser uma prova muito intensa.
Henrique Avancini
“Pelo perfil do circuito, vai ser uma prova muito intensa. No meu caso, pretendo fazer uma prova mais controlada, pois minha condição é um pouco mais potente do que leve. E a prova tem muita subida. O que eu farei para compensar é competir com uma bike hardtail. Em 90% da competição, tenho de fazer de acordo com a minha característica. E só nos momentos cruciais, andar de modo mais acentuado”, completa o atleta.