DançaBreakingMúsica

Breve história do Red Bull BC One

© Romina Amato/Red Bull Content Pool
Escrito por Chris Parkin
Saiba tudo sobre um dos maiores eventos de breaking do mundo antes da grande final em Amsterdã no dia 04 de novembro
A grande final mundial do Red Bull BC One deste ano acontece em Amsterdã e vai juntar em um só lugar uma galera que fez, está fazendo e vai fazer história no mundo dos batalhas mano-a-mano de breaking. Os ex-campeões mundiais Issei (2016), Menno (2014) e Wing (2008) competirão contra 12 outros b-boys e – pela primeira vez – uma b-girl, a japonesa Ayumi Fukushima. Não deixe de acompanhar tudo ao vivo pela Red Bull TV, no dia 4 de novembro, a partir das 18h (horário de Brasília).
Enquanto o grande dia não chega, quer entender por que b-boys e b-girls ficam tão ansiosos com a chegada do Red Bull BC One? Acompanhe abaixo a história de um dos maiores eventos de breaking do mundo e sinta com eles essa emoção.
Como tudo começou
Depois de surgirem em Nova Iorque no final da década de 1970, a cultura dos b-boys e o hip-hop se espalharam rapidamente pelo mundo todo. As equipes de breaking podiam ser encontradas em todos os lugares, da Europa à África, passando pela Austrália e pela Ásia, onde realizavam batalhas memoráveis. Mas em 2004, o primeiro Red Bull BC One chegou com uma proposta diferente. Realizada em Biel, na Suíça, a edição firmou a competição como a primeira a trazer batalhas individuais entre b-boys. O primeiro vencedor do Red Bull BC One foi o norte-americano Omar.
Como funciona
Até as finais mundiais de 2016, os 16 finalistas do Red Bull BC One eram escolhidos em etapas regionais realizadas na América do Norte, Europa Oriental, Europa Ocidental, América Latina, Ásia-Pacífico, Oriente Médio e África. Agora, os finalistas mundiais são escolhidos em acampamentos especiais da Red Bull BC One, realizados em vários locais ao redor do mundo. A final mundial é um torneio mata-mata: os b-boys dançam em frente a um painel formado por cinco jurados e têm suas habilidades avaliadas.
Evento itinerante
Desde 2004, aconteceram 13 finais mundias do Red Bull BC One World. O evento já passou pelas cidades de Biel (Suiça, 2004), Berlim (Alemanha, 2005), São Paulo (Brasil, 2006), Joanesburgo (África do Sul, 2007), Paris (França, 2008 e 2014), Nova Iorque (EUA, 2009), Tóquio (Japão, 2010), Moscou (Rússia, 2011), Rio de Janeiro (Brasil, 2012), Seul (Coréia do Sul, 2013), Roma (Itália, 2015) e Nagoya (Japão, 2016). Foram 12 cidades diferentes em nove países diferentes – números que sobem para 13 cidades diferentes em 10 países diferentes com a final mundial de 2017 acontecendo em Amsterdã, na Holanda.
Os campeões
O Red Bull BC One já teve 11 campeões mundiais diferentes. O mais novo foi o b-boy japonês Issei (acima), que venceu a final mundial de 2016 em Nagoya (Japão) quando tinha apenas 19 anos, sendo o primeiro vencedor vindo do país. Os EUA têm quatro campeões – Omar (2004), Ronnie (2007), Roxrite (2011) e Victor (2015). A Coréia do Sul tem dois campeões – Wing e Hong 10.
O legado dos vencedores
Lilou e Hong 10 são os únicos bi-campeões mundiais do Red Bull BC One. O franco-argelino Lilou venceu as edições de 2005 e 2009, enquanto o sul-coreano Hong 10 levou os títulos de 2006 e 2013. Hong 10 também detém o recorde de maior número de vitórias individuais – foram 16 no total. Desde então, ambos conseguiram sucesso fora do Red Bull BC One, atuando em anúncios de TV e até videogames. Lilou aparece no clipe da música "Midnight Madness", do The Chemical Brothers (assista abaixo), já saiu em turnê como dançarino da Madonna e apareceu no filme "Streetdance 2". Lilou e Hong 10 também fazem parte do Red Bull BC One All Stars ao lado dos b-boys Issei, Cico, Lil G, Menno, Neguin, Pelézinho, Ronnie, Roxrite, Taisuke, Victor e Wing.
Entrando no ritmo
Não existe breaking sem música e, ano após ano, a final mundial do Red Bull BC One traz os melhores DJs do mundo, como DJ Renegade e DJ DP One, além de mestres incomparáveis como KRS ONE, Rahzel (The Roots) e Rakaa Iriscience (Dilated Peoples). Fique ligado que a final deste ano também promete ter uma trilha sonora inesquecível.
Assista a final mundial do Red Bull BC One 2017 na Red Bull TV no dia 04 de novembro, a partir das 18h (horário de Brasília).
Onde acessar a Red Bull TV?
Além do site, você pode ver a Red Bull TV pelo app disponível para os sistemas Android, iOS e Windows Phone ou através dos nossos canais na Apple TV e Samsung TV. O app também está disponível na Amazon Fire TV, Kindle Fire, Nexus Player, Roku Players e nos consoles PlayStation e Xbox de todas as gerações.
Quer descobrir um mundo novo de música? Curta nossa página no Facebook.