Felipe Gustavo catching air above a rail in an indoor skate park made for Red Bull's Skate for Change project

Felipe Gustavo é o cara do momento no skate

© Stan Evans/Red Bull Content Pool

Atleta brasiliense trocou o futebol pelo skate e hoje briga pelos principais títulos do mundo

O Brasil é uma das potências do skate, isso todo mundo já sabe. Porém, nem todo mundo por aqui sabe que temos um dos maiores nomes recentes do street no nome de Felipe Gustavo (assista aos melhores momentos do Tampa Pro 2018 com manobras insanas do brasileiro)

Com 27 anos, Felipe vem obtendo cada vez mais destaque no cenário internacional e isso se reflete em suas redes sociais (520 mil seguidores). Em sua terra natal, Brasília - DF, Felipe é uma celebridade. Mas foi em Los Angeles, para onde se mudou, que ele conquistou fama mundial e se tornou um dos principais skatistas de street do cenário.

Fui atrás do meu sonho por minha conta... Já estive em todos os lugares do mundo fazendo o meu melhor para orgulhar da minha família.Felipe Gustavo

Por pouco ele não partiu para o lado do futebol: a bola foi seu primeiro esporte, mas, por influência de seus dois irmãos skatistas amadores, Felipe se encantou pelo esporte aos sete anos de idade. Com o apoio da família, ele deu o "start" na carreira logo de cara e o resto é uma história que a cada dia ganha uma página nova.

"A gente era uma família do skate. Meu pai era o mais empolgado e sempre falava para irmos ao parque. Meus dois irmãos andando e meu pai sempre incentivando fizeram muita diferença na minha escolha", relembra.

A decisão se mostrou acertada: logo em sua primeira competição internacional, na Califórnia em 2007, aos 16 anos, ele foi lá e ganhou. Isso o fez tomar uma decisão radical: se mudar para os Estados Unidos, mais precisamente para Costa Mesa, também na Califórnia. "Fui atrás do meu sonho por minha conta", relembra. "Já estive em todos os lugares do mundo fazendo o meu melhor para orgulhar da minha família."

Amo andar de skate e de sentir meu board raspando por aíFelipe Gustavo

Desde então, Felipe se tornou um skatista profissional exemplo: não bebe, não usa nenhum tipo de droga e dedica a maior parte do seu tempo para treinos e condicionamento físico, jogando para longe a fama criada em torno do skate - algo bem parecido com o que aconteceu no surf há poucos anos.

"Vou dar o meu melhor nos X Games para provar. Amo andar de skate e de sentir meu board raspando por aí", destaca Felipe, que parte para Oslo para disputar o X-Games Noruega, entre os dias 17 e 20 de maio.