'Não tenho medo de nenhum goleiro', diz Neymar Jr.

© Fabio Piva / Red Bull Content Pool
Escrito por Equipe Red Bull
Atacante do PSG faz balanço de 2019 e aponta para a próxima temporada
O ano que Neymar Jr. completou uma década como profissional ficará marcado para o craque brasileiro mais pelos aprendizados fora de campo do que pelos feitos dentro ele. Recuperado de lesão na coxa esquerda, o camisa 10 voltou a fazer a diferença pelo PSG e diz estar pronto para os grandes desafios que terá pela frente.
Em entrevista exclusiva ao RedBull.com, o craque da seleção faz um balanço do que foi o seu ano de 2019, fala dos desafios para 2020 e revela com quais craques da história do futebol gostaria de ter batido uma bola.
Futebol · 3 min
Entrevista com Neymar Jr.
Quais lições você tirou de 2019?
Foi um ano muito difícil pra mim, pessoal e profissionalmente. Um ano de aprendizado, de muitas reviravoltas. Acabei me machucando e tive que voltar a me reerguer. Depois me machuquei novamente. Por mais que possa ter sido ruim, 2019 foi de muita experiência. Agora é tirar as coisas boas deste ano pra que 2020 seja melhor.
O PSG tem tido um ótimo desempenho na Liga dos Campeões. Acha que o tão esperado título pode vir nesta temporada?
Acho que sim. Falando de elenco, desde que cheguei é o ano em que estamos mais preparados, fortes em todos os sentidos. Mesmo sabendo que o PSG nunca venceu a Champions, que tenha sido um coadjuvante, a gente vai brigar por tudo. Sabemos da qualidade do nosso elenco. Espero que possamos estar na final.
Aos 27 anos, você sente que está aprimorando seu jogo e o seu auge ainda está por vir?
Sim, como tudo na vida. Muitas coisas boas já aconteceram na minha vida, mas eu sempre quero mais. Estou sempre procurando por novos desafios e sempre querendo me superar.
Você completou em 2019 dez anos de carreira como profissional. Neste tempo, qual defensor você mais temeu?
Na verdade, eu não temo ninguém, apenas respeito. Temer só a Deus. Eu sempre falo sobre o Sergio Ramos, um dos defensores que eu mais respeito por tudo o que ele representa no futebol. Já joguei com três zagueiros que, para mim, são de outra categoria: Piqué, Thiago Silva e Marquinhos.
Neymar Jr tem Thiago Silva como um dos melhores zagueiros do mundo
Neymar Jr tem Thiago Silva como um dos melhores zagueiros do mundo
E qual goleiro mais te intimida na hora de cobrar um pênalti?
Não existe. Acho que uma das minhas qualidades é justamente não ter medo de nenhum goleiro. Para ter chances de marcar, todo atacante deve querer ver o goleiro o máximo que puder durante uma partida. Se eu puder ver o goleiro muitas vezes na minha frente, melhor. Mas eu admiro muitos goleiros. Fui fã do Marcos [ex-Palmeiras] na minha infância. Marquei um gol nele e essa é uma lembrança muito boa que eu carrego.
Quais são as suas expectativas para 2020?
Vencer tudo o que puder com o PSG e a seleção brasileira. Buscar novos desafios. Estar na final da Liga dos Campeões e vencer a Copa América.
Você jogou ao lado de grandes jogadores, mas se tivesse a chance de fazer dupla com um craque que nunca atuou, quem seria e por quê?
São muitos. Romário é um deles. Ronaldo, por mais que eu tenha jogado na despedida dele, Zidane e Ibrahimovic.
Neymar Jr jogou ao lado de Ronaldo na despedida do craque, em 2011
Neymar Jr jogou ao lado de Ronaldo na despedida do craque, em 2011
Se você tivesse a chance de montar o seu time para o Red Bull Neymar Jr's Five apenas com jogadores estrangeiros, quem seriam os seus cinco escolhidos?
O time com jogadores que ainda estão na ativa teria Messi, Suárez, Mbappé, Pogba e Hazard. Agora, o time com jogadores já aposentados seria formado por Xavi, Lampard, Gerrard, Beckham e Henry.
Você é amigo de Vinícius Júnior e Rodrygo. Quão longe esses jogadores podem ir?
Tanto o Rordygo quanto o Vinicius Jr são jogadores de muita qualidade. Torço muito para que eles possam vencer no Real Madrid, que possam desfrutar do futebol europeu. Eles chegaram há pouco, vão ganhar experiência, amadurecer e ficarão muito melhores do que já são. Existe uma pressa no Brasil para que eles resolvam logo, arrebentem em todos os campeonatos. É difícil se adaptar e jogar em alto nível em clubes como Real Madrid e Barcelona. Mas eles estão surpreendendo. Isso já demonstra que eles têm uma personalidade surreal. Só espero que sigam esse caminho, que estejam focados e que nunca deixem de ser feliz. Estou na torcida.
Baixe o app da Red Bull TV e tenha acesso a todos os nossos vídeos! Disponível na App Store e na Play Store.