Tadalol no Red Bull Solo Q 2023
© Fabio Piva / Red Bull Content Pool
Esports

Tadalol pronto pra ganhar o mundo no Red Bull Solo Q

Bicampeão da edição nacional chega a Londres pra disputar o título mundial
Escrito por Bruno Fonseca
3 min de leituraPublicado em
A 10ª edição do Red Bull Solo Q foi histórica. Além de reunir cinco campeões de edições passadas, abriu alas pro Tadalol conquistar o bicampeonato e se consagrar como Campeão dos Campeões do maior torneio de 1x1 de League of Legends do mundo. Agora, porém, o desafio é maior ainda.
Tadalol chega nesta semana a Londres para a disputa da Final Mundial do torneio. Com esperança de fazer do Brasil o maior do mundo no Red Bull Solo Q. Antes de arrumar as malas, o player carioca contou como foi a rotina de treinos, as estratégias e os obstáculos que espera encontrar na capital inglesa.
Tadalol é bicampeão do Red Bull Solo Q

Tadalol é bicampeão do Red Bull Solo Q

© Fabio Piva / Red Bull Content Pool

Como está sendo sua preparação desde a Final Nacional?

Como não dá pra saber exatamente contra quem eu vou joga, pelo menos não na primeira fase, estou focando em treinar com determinados campeões e me preparar pro que pode vir. Espero ter a oportunidade de botar em campo os campeões que eu não cheguei a mostrar na Final Nacional. Então tô bem animado.

E como é a sua rotina de treinos?

Ela é basicamente focada no horário da noite, porque de manhã eu trabalho e à tarde às vezes tenho aula na faculdade [Tadalol se forma neste ano em ciências da computação], então eu deixo a noite reservada pra treinar. Eu começo aquecendo no mapa do Red Bull Solo Q, depois com um colega vou pra mapas específicos pra treinar diversos cenários. No começo eu treinava cinco horas por dia e na reta final está entre 10 e 11.

E quem é esse colega que treina com você?

Eu fiz amizade com os jogadores da Final Nacional e eles estão me ajudando com os treinos. Eu acho isso bem maneiro, né? Porque eles foram finalistas, estão num nível bem alto. E poder treinar sempre com um deles, o Rei do Retorno, tem sido ótimo e tô ganhando bastante conhecimento com isso. Agora vamos ver no que vai dar. Espero conseguir um bom desempenho lá lá fora.

Tadalol em ação no Red Bull Solo Q 2023

Tadalol em ação no Red Bull Solo Q 2023

© Fabio Piva / Red Bull Content Pool

Você estudou o nível das batalhas da Final Mundial?

Então, eu estudei os finalistas da das últimas edições, de 2021 e de 2022. O que eu estou treinando também é baseado no que já apareceu nos últimos dois anos e pra enfrentar qualquer coisa.

Quais dificuldades que você espera encontrar?

Acho que a primeira vai ser a barreira da língua, já que eu não falo inglês. Pras entrevistas e dinâmicas de grupo entre os competidores eu vou ter bastante dificuldade. E a outra dificuldade é não saber nada sobre os outros competidores. Não sei se eles são do tipo que arriscam muito ou o poder que gostam usar, por exemplo. Acho que é uma coisa que pode ser muito perigosa pro meu jogo.

Vencendo ou não, o que você quer pro futuro?

Eu vou continuar treinando e competindo porque é uma coisa que eu gosto bastante de fazer, e vou seguir também com a minha carreira profissional. Ainda tô novo, né? Tem muita gameplay pra mostrar.

Baixe agora o app da Red Bull TV e tenha acesso a vídeos, filmes e séries!

Parte desta história

Red Bull Solo Q | Brasil

O épico torneio amador de League of Legends 1x1 comemora 10 anos no Brasil!

BrasilBrasil
Ver Evento