Motoring

A lavagem que destrói um carro em minutos

© SpotOnStudios
Escrito por Bruno Fonseca
Veja como lavar seu carro com água pressurizada pode ocasionar grandes problemas
Quando o tempo está bom, o céu ensolarado e é fim de semana, parece que seu carro te chama bem de mansinho, quase sussurrando algo do tipo: me lava ai, pô? Vai, me lava, precisamos dar aquele rolê de noite. Você vai querer sair comigo assim?
Se você tem um carro, provavelmente já sentiu que em dias lindos, principalmente aos finais de semana, a caranga pede um tratamento especial. Porém, há cuidados que devem ser tomados durante a lavagem. Tem muita gente que pega essas lavadoras de alta pressão - conhecida popularmente como "vap" -, e acha que esse tipo de ferramenta lava mais e melhor que uma mangueira tradicional. Principalmente quando aumentam a pressão da água, achando que a sujeira do seu carro sairá com mais facilidade e, claro, ele ficará mais limpo.
O pessoal da SpotOnStudios fez um teste para desmistificar que maior pressão na água não é sinônimo de carro mais limpo. Eles pegaram um Peugeot 206 e lavaram com uma dessas máquinas estilo "vap". Veja como foi o resultado:
O objetivo da demonstração foi o de realizar uma lavagem normal, para retirar o máximo de sujeiras impregnadas no carro - principalmente na lataria e também nos pneus -, e prepará-lo para a fase do esfregar com sabão usando uma esponja bem macia e depois seguir com o enxágue. O equipamento usado no teste tinha uma pressão de 43.000 PSI (libra-força por polegada) cerca de 3.000 bar (unidade de pressão), algo suficiente para causar uma limpeza que ficasse impecável. Mas o resultado que você viu no vídeo acima foi muito além disso. Limpo ele ficou, mas o deixou todo destruído.
A pressão de lavagem recomendada para uma moto ou carro é entre 100 e 150 bar, algo entre 1.000 e 1.500 PSI. Se elevar a pressão, por exemplo, a 250 bar (3.600 PSI), o jato pode danificar o seu carro, pois nessa pressão a água já consegue retirar impurezas do chão e até tinta da parede, se desejar subir além disso, pode causar estragos como o do vídeo. Com uma pressão de 3.000 bar (43.000 PSI) ja é possível cortar pedras ou metal, por exemplo.
Fica de alerta para quem gosta de botar pressão na hora de lavar o carro.