Social Innovation

Ser mãe não é um problema, ser mãe é a solução: conheça a Maternativa

© Felipe Gabriel
Escrito por Evandro Pimentel
Empresa que discute a participação de profissionais mães no mercado de trabalho foi uma das selecionadas para a OCUPAÇÃO #3 do Red Bull Station
Quem é mãe sabe que voltar ao trabalho pode ser um grande desafio depois da chegada dos filhos. E é para discutir a participação dessas profissionais no mercado que a Maternativa surgiu. Selecionada para integrar o time de participantes da terceira edição da OCUPAÇÃO, programa que busca inspirar, conectar e transformar a energia criativa da cidade de São Paulo, a empresa de impacto social está desenvolvendo seus projetos em um dos ateliês do Red Bull Station desde o dia 05 de outubro.
A Rede Maternativa foi criada em 2015 por duas amigas que enfrentaram dificuldades profissionais quando informaram a seus empregadores que estavam grávidas. Após terem seus filhos, elas também perceberam como é difícil retomar as atividades profissionais com filhos pequenos. "Isso acontece porque o mercado e as empresas ainda têm processos ultrapassados para acolher as mulheres mães e muitas acabam empreendendo ou abandonando suas carreiras”, explica Ana Laura Castro, uma das sócias da Maternativa.
Durante a estadia no Red Bull Station, Ana e as demais sócias contam que encontraram uma estrutura e apoio para fazer muitas de suas ideias fluírem. “Nós chegamos em meio a um grande aumento das nossas demandas normais de trabalho: tínhamos acabado de ganhar um prêmio do Facebook, fechado um projeto de formação com uma empresa e estávamos pensando em como abrir uma frente para dar oportunidade para as mães empreendedoras mostrarem ao mundo como são capazes de produzir coisas fantásticas com seus negócios”, diz Ana. "O encontro com os demais ocupantes, as conversas com a equipe da Red Bull Station, as pontes criadas com novos contatos tudo fez a nossa produtividade acelerar."
A Maternativa trabalha junto às empresas desenvolvendo consultorias e atendendo marcas que resolvem apoiar essa causa. "É preciso dar vez e voz às mães”, afirma Vivian Abukater, também sócia da empresa. Para as mulheres que empreendem, seja por necessidade ou oportunidade, a Maternativa oferece formação em grande parte gratuita por meio de encontros e conteúdos compartilhados nas redes sociais.
Ana Laura Castro e Vivian Abukater
Ana Laura Castro e Vivian Abukater
Ao todo já foram mais de 30 encontros presenciais realizados com 860 mães impactadas diretamente pela Rede Maternativa e 2400 mães impactadas indiretamente. "Hoje temos a maior comunidade de empreendedorismo materno do Brasil, com mais de 22 mil mães na rede discutindo negócios”, conta Vivian. "É preciso promover mudanças reais dentro das empresas para que mulheres mães sejam tratadas com respeito a assim fazer funcionar na prática a igualdade de gênero."
No dia 13 de novembro, data que marca o encerramento da OCUPAÇÃO #3, as sócias da Maternativa irão explicar mais sobre os projetos desenvolvidos pela empresa em um evento aberto ao público no Red Bull Station – confirme aqui sua presença.
O Red Bull Station fica no centro de São Paulo, na Praça da Bandeira, nº 137, ao lado do Terminal Bandeira e da estação Anhangabaú do metrô. O espaço conta com bicicletário gratuito.