Expedição

Os carros mais caros do mundo

Ganhou na loteria e tem muita gente no seu pé? Torre a fortuna em um desses carros
Escrito por Lluís Llurba/Equipe Red BullPublicado em
Sua fortuna pode andar em quatro rodas
Sua fortuna pode andar em quatro rodas
Uma das primeiras dicas de especialistas em finanças para quem ganhou na loteria é não esbanjar. Guardar o dinheiro em aplicações variadas, investir em patrimônio rentável e, de preferência, gastar só os rendimentos.
Mas o que eles não sabem é que a gente tem essa queda por carros.
E ficaremos muito tentados a torrar cada centavo do prêmio em joias sobre rodas. Aqui, selecionamos cinco vilões que podem fazer o seu dinheiro escorrer pelo ralo. Mas nesse caso, fique tranquilo.
Você terá nosso total apoio para voltar a ser pobre.

6. Bugatti Chiron (R$ 8,7 milhões)

Substituto natural do Bugatti Veyron, o Chiron oferece uma potencia máxima de 1.500 CV e alcança uma velocidade de 420 km/h. Foram fabricadas 500 unidades e os caras já venderam um terço. O motor é uma evolução do W16 8.0 litros do Veyron, com quatro novos turbos, um coletor de admissão em fibra de carbono, escapamento em titânio e um sistema de refrigeração completamente redesenhado. Pode alcançar 300 km/h em 13s6!

5. Koenigsegg One:1 (R$ 9,2 milhões)

O fabricante sueco segue alardeando que o One:1 é o superesportivo mais rápido do mundo. Com velocidade máxima de 450 km/h, este modelo surpreende pela relação peso/potencia, que é de um cavalo por quilo (1.341 kg/1.342 CV). A Koenigsegg construiu sete carros e todos estão vendidos. Tem um motor V8 biturbo de 5 litros, de apenas 197 kg graças ao coletor de fibra de carbono e ao fato de ser construído em alumínio.

4. W Motors Lykan Hypersport (R$ 11,2 milhões)

A W Motors, com sede no Líbano, apresentou em 2013 o exclusivo Lykan Hypersport, uma máquina que só teve sete unidades fabricadas no mundo inteiro. O design externo impressiona por ser o primeiro automóvel a integrar luzes de LED com diamantes, que podem ser substituídos por rubis, zafiras ou esmeraldas, de acordo com o gosto de cada cliente (o que já leva um pouco para o lado brega da coisa, mas ok). O motor tem 750 CV e o carro pode chegar a 395 km/h.

3. AM-RB 001 (R$ 13,1 milhões)

Cheque ou cartão?
Cheque ou cartão?
O AM-RB 001 é o carro que Adrian Newey, diretor técnico da Red Bull Racing na Fórmula 1, está desenvolvendo em parceria com a Aston Martin. Embora as especificações ainda não tenham sido divulgadas, já se sabe que ele terá um motor V12 aspirado. Por ter sido construído em fibra de carbono, mesmo material aplicado nos carros de Fórmula 1, o AM-RB 001 terá uma relação peso-potência absurda, na casa de 1 pra 1.
Estará no mercado em 2018 com outro nome e a expectativa é de que sejam produzidos entre 99 e 150 carros. O preço estipulado é o máximo que ele deve chegar, mas se você for bom de papo dá pra chorar um desconto.

2. Lamborghini Veneno (R$ 14,9 milhões)

O mundo é pequeno demais pra nós dois
O mundo é pequeno demais pra nós dois
Apesar do nome, que lembra aquela música do Ritchie e já desvaloriza o carro em alguns milhões de dólares, essa Lambo também merece nossas atenções. Foi lançada em comemoração ao aniversário da marca, em edição limitada de 12 unidades. Pode alcançar os 100 km/h em apenas 2s9, muito em função da eficiência aerodinâmica.

1. Koenigsegg CCXR Trevita (R$ 16,1 milhões)

Pronto! Chegamos ao carro mais caro do planeta, assinado pela sueca Koenigsegg. Tem carroceria em diamante aplicado em fibra de carbono, um processo de construção altamente complexo. Dispõe de um motor V8 de 4.712cc biturbo, capaz de chegar aos 806 CV de potência. Por enquanto, só existem três carros iguais a este e não se sabe se a montadora fará outras unidades.
Ah, um detalhe importante. Esses preços todos foram calculados de acordo com a conversão simples, tá? Se você quiser mesmo fazer essa loucura e trazer para o Brasil, pode calcular aí também os impostos de importação. E assim queimamos toda a sua fortuna!