Italo Ferreira
© Ryan Miller / Red Bull Content Pool
Surf

O Tico e o Teco por trás das pranchas do Italo Ferreira

Os caras acreditaram no campeão quando ele tinha 13 anos
Escrito por Maíra Pabst
3 min de leituraPublicado em
Parte desta história

Ítalo Ferreira

BrasilBrasil

A Curiosa História de Italo Ferreira

50 min
Ele era apenas um moleque franzino de Baía Formosa quando foi apresentado aos shapers da fábrica de pranchas Silversurf, em Santos. Mesmo magro e novinho, Italo Ferreira já tinha surfe de gente grande. Foi por isso que os irmãos Adriano "Teco" e Sylvio "Tico" Oliveira, donos da fábrica de pranchas fundada em 1994, decidiram apostar no garoto bom de aéreos do Rio Grande do Norte.
A fábrica, que investiria pela primeira vez num atleta de outro estado, começou na garagem da avó, quando os irmãos apenas consertavam suas próprias pranchas e de alguns amigos. O negócio expandiu. Em 2007, depois de muito visitarem a Califórnia para se especializarem, Tico e Teco fecharam uma parceria com o shaper californiano Timmy Patterson. Seriam, a partir dali, os representantes da marca americana no Brasil. Nesse embalo, surgiu a oportunidade de patrocinarem, em conjunto, Italo Ferreira.
A grande aposta daquele ano, se tornaria o maior caso de sucesso da fábrica em 2015, quando Italo surgiu como um meteoro na cena do surfe mundial e entrou para a elite. "A partir daquele ano, as coisas mudaram. A Silversurf passou a ser a única fábrica nacional a ter um atleta na elite do surfe. Foi também quando Timmy Patterson passou a se interessar mais por Italo", conta Teco.
A parceria só se fortaleceu. Italo hoje é o único atleta da elite do surfe mundial que tem três shapers trabalhando para ele. "É um trabalho em conjunto. A gente troca bastante. Eu, Tico e Timmy analisamos cada mudança feita numa prancha e como ela se comporta quando Italo surfa, até chegarmos no que é melhor para ele em cada ocasião", explica.
Nossa relação é muito próxima. Italo é como se fosse da família
Teco, shaper de Italo
Teco, Italo e Tico com prancha na Silversurf
Teco, Italo e Tico com prancha na Silversurf
Hoje Italo recebe uma média de 90 a 120 pranchas anualmente. A cada campeonato, o modelo é adaptado para o tipo de onda específico. "As pranchas mudam muito de pico para pico. Mas todas baseadas no modelo IF15 dele, com adaptações para as características de cada onda", explica Teco.
São 14 anos de trabalho em conjunto. Tico e Teco conhecem perfeitamente o surfe de Italo e o que ele precisa para se dar bem em casa situação. "Nossa relação é muito próxima. Italo é como se fosse da família. Cada sessão que ele faz, recebo as imagens no meu celular para a gente conversar e trocar. A gente ensina muito à ele e ele à gente", conta o shaper.
A parceria rendeu bons frutos para a fábrica, hoje eles vendem inclusive réplicas das pranchas que Italo usou para conquistar a medalha de ouro no Japão. "Com certeza existe um antes do Italo e um depois. A gente agradece por ter sempre investido no Italo", conta Teco. "Conquistamos muito mais do que imaginávamos. Primeiro conseguimos colocar um atleta da nossa equipe na elite, depois ele se tornou campeão do mundo e agora medalhista de ouro olímpico. Continuamos trabalhando para que ele possa trazer ainda mais títulos", conclui.
+ Assista abaixo ao filme A Curiosa História de Italo Ferreira, que conta a história do campeão desde a infância em Baía Formosa.
Surf · 50 min
A Curiosa História de Italo Ferreira
Baixe agora o app da Red Bull TV e tenha acesso a vídeos, filmes e séries!
Parte desta história

Ítalo Ferreira

BrasilBrasil

A Curiosa História de Italo Ferreira

50 min