Surf

Dia de sonho: como foi a ondulação histórica de Nazaré

© Hugo Silva / Red Bull Content Pool
Scooby, Chumbo e Burle surfaram a onda das suas vidas
Escrito por Maíra PabstPublicado em
O relógio ainda não tinha chegado às 7h de quinta-feira quando a luz do dia começou a brilhar em Portugal, para que se pudesse ver as montanhas brancas se deslocando no horizonte. Em meio à densa névoa, era possível ver que estava se confirmando a previsão: as maiores ondas já vistas em Nazaré estavam chegando.
Partiram então do porto de abrigo várias equipes de surfistas de ondas grandes. Entre eles estavam brasileiros como Pedro Scooby, Lucas Chumbo, Carlos Burle, Ian Cosenza, Caio Vaz, Michelle Des Bouillions, Maya Gabeira e Alemão de Maresias. Ninguém sabia ainda o que testemunhariam, mas a adrenalina era grande, assim como a vontade de achar as maiores.
Quando o sol já estava mais alto e a neblina foi embora, foi possível se ter a real dimensão do cenário. Era, sim, a maior ondulação de todos os tempos, explodindo em frente ao forte de São Miguel Arcanjo. Ondas de mais de 20 metros viajavam por dentro do canhão de Nazaré, e arrebentavam com violência. Para alegria dos surfistas.
“Foi um dia histórico que a gente rezou tanto para ver.”
Lucas Chumbo
"Acho que eu peguei a maior onda da minha vida", disse Chumbo. "Foi tudo meio que no susto, quando a gente viu ela já estava na nossa frente. O Ian [Cosenza] me jogou nela, quando larguei da corda, eu já sabia que ia ser gigante. A onda era gigante, eu ia descendo e descendo e não parava mais. Ela era linda, uma massa de água linda", contou.
Lucas Chumbo em dia de ondulação histórica em Nazaré
Lucas Chumbo em dia de ondulação histórica em Nazaré
Pedro Scooby também encontrou as dele. “Peguei várias ondas. Teve uma hora que a galera foi dispersando e aproveitei, mas três delas vão ficar na memória para sempre”, conta Scooby.
As ondas que ambos surfaram, sem dúvidas, estarão entre as maiores surfadas na temporada e podem vir a quebrar o recorde mundial. Ainda é muito cedo para falar disso, é preciso bastante análise, mas são ondas com bastante potencial.
A verdade é que vários surfistas pegaram ondas muito grandes. O dia ficará marcado na história, já que as condições além de extremas, estavam épicas, com sol, sem vento e sem neblina boa parte do dia. “Venho para Nazaré desde 2013 todos os anos e nunca vi nada comparado a isso. Foi o sonho de todos os atletas. Gigante, um dos maiores da história, liso, sol e perfeito. Incrível", disse Scooby.
+ Veja abaixo o vídeo que mostra a parceria de Lucas Chumbo e Kai Lenny, dois dos maiores surfistas de ondas grandes do mundo.
Surf · 11 min
Chumbo e Kai Lenny: a parceria que destrói ondas grandes
Baixe o app da Red Bull TV e tenha acesso a todos os nossos vídeos! Disponível na App Store e na Play Store.