Chumbo encarando paredões
© Helio Antonio
Surf

As 5 maiores ondas da vida de Lucas Chumbo

Uma delas pode até quebrar recorde mundial
Escrito por Maíra Pabst
3 min de leituraPublicado em
Parte desta história

Lucas Chumbo

Expectativa baixa, objetivo alto e trabalho …

BrasilBrasil
Veja o Perfil
Lucas Chumbo está concorrendo ao Red Bull Big Awards 2021 com uma onda que surfou em outubro do ano passado, em Nazaré. De tão gigante, ela pode quebrar o recorde mundial, registrado no "Guinness Book": em 2017, Rodrigo Koxa surfou uma bomba de 24,4 metros, também em Nazaré. Enquanto a definição não rola, Lucas escolheu as maiores ondas que já surfou nos seus picos favoritos.

Nazaré, Portugal

Lucas surfou essa esquerda gigantesca no dia 29 de outubro de 2020. É ela que pode estabelecer um novo recorde mundial de maior onda já surfada. "Essa foi a maior que eu já surfei na minha vida e a maior onda que já vi na minha frente. Entrou pra história da minha vida e espero que entre pra história do surfe mundial. Foi uma sensação indescritível. Espero viver mais momentos como esse."

Pascuales, México

Em 2021, Lucas fez uma viagem ao México e, pela primeira vez, visitou Pascuales, que fica a aproximadamente mil quilômetros ao norte de Puerto Escondido. Depois de acompanhar a previsão de uma grande ondulação, fez uma viagem de três dias até lá. "Foi um tiro inesperado. Três dias perfeitos, com altas ondas. E esse tubo que peguei foi incrível, daqueles que ficam na memória", disse .

Teahupoo, Taiti

Lucas foi convidado neste ano pra participar da triagem da etapa taitiana do Circuito Mundial da WSL, em Teahupoo. Quando já estava lá, o evento foi cancelado por causa da pandemia. Mas uma grande ondulação encostou na ilha e ele não deixou de aproveitar. "O Taiti foi o tiro certo deste ano. Peguei essa onda inesquecível. Tenho que agradecer o [surfista local] Raimana Van Bastolaer, que passou toda a experiência dele e me puxou nesse diamante."

Mavericks, EUA

O pico na Califórnia é um dos favoritos de Lucas para ondas grandes. Em 2020, esteve por lá durante uma ondulação épica que durou uma semana. "Mavericks é um lugar que eu amo, mas ao mesmo tempo é tenebroso. Nessa semana peguei várias ondas, e essa é uma daquelas que vai ficar sempre na memória", disse.

Punta Galea, Espanha

A onda ali é rara. Não é comum quebrar tão grande e com tanta qualidade. Em 2019, Lucas venceu o Punta Galea Challenge em condições épicas: o mar estava quebrando com ondas de 15 a 18 pés (5 a 6 metros). "Essa foi especial. Foi um presente que falo que foi o Léo Neves [ex-surfista do WCT que morreu surfando dias antes do evento] que mandou para mim durante a final. Tirei um 10 unânime. Foi um dos melhores tubos em uma gunzeira [prancha grande] de backside da minha vida", conta Lucas.
+ O vídeo abaixo mostra um pouco da parceria de Lucas Chumbo e Kai Lenny, dois caras que arrebentam nas maiores ondas do mundo.
Surf · 11 min
Chumbo e Kai Lenny: a parceria que destrói ondas grandes
Baixe agora o app da Red Bull TV e tenha acesso a vídeos, filmes e séries!
Parte desta história

Lucas Chumbo

Expectativa baixa, objetivo alto e trabalho …

BrasilBrasil
Veja o Perfil