Surf

6 surfistas que mandam bem em outros esportes

© Poor Boyz Productions
Dos campos de golfe ao carrinhos do skate, surfistas não pensam só em ondas
Escrito por Maíra PabstPublicado em
Quem ama o surfe, dificilmente vai fazer qualquer outra coisa se o mar estiver com altas ondas. Mas este é um esporte que depende da natureza, então quando o mar tá flat, não tem o que fazer a não ser esperar. E é nesses dias sem ondas que surfistas descobrem outras maneiras de exercitar o corpo. Que tal descobrir alguns atletas que mandam muito bem em outras modalidades?

Kelly Slater

Por essa você não esperava, vai. O maior surfista da história, dono de 11 títulos mundiais, é maluco por golfe - e manda muito bem. Kelly aprendeu sozinho, aos 23 anos, e começou lendo livros. Ele vê no esporte uma possibilidade de treinar a concentração e acha incrível como é algo oposto ao surfe. "A natureza dá as ordens no surfe, que é um esporte de movimento. No golfe é com você, o campo fica lá, paradinho".

Victor Ribas

Vitinho participou de 13 temporadas na elite do surfe mundial. Em 1999, conquistou o terceiro lugar do tour, melhor posição de um brasileiro até então. Nasciso em Cabo Frio (RJ), ele se define também como kitesurfista. Em dias com vento, Victor não hesita: é com a pipa que vai pra água.

Pepê Lopes

Pepê Lopes talvez tenha sido o maior expoente de sucesso em dois esportes bem diferentes. Foi o primeiro brasileiro a vencer uma etapa do Circuito Mundial: em 1976, levou a melhor no Waimea 5000, que rolava no Arpoador, no Rio. Competidor nato, foi campeão estadual de hipismo ainda na infância. Mais tarde, cansado de surfar ondas pequenas no Brasil, ganhou os ares. E se consagrou campeão mundial de asa delta no Japão, em 1981, chegando à elite de dois esportes completamente diferentes.
Pepê Lopes na beira da rampa de decolagem no Rio de Janeiro
Pepê Lopes na beira da rampa de decolagem no Rio de Janeiro

Jackson Dorian

Jackson é filho do surfista badaladíssimo Shane Dorian. E parece que as habilidades sobre a prancha passaram no DNA. O garoto é uma das maiores promessas do esporte. É também uma realidade nas manobras progressivas em piscinas de ondas. Vira e mexe ele viraliza com vídeos sinistros de aéreos indecifráveis. Mas no skate Jackson também é impressionante. Esse casamento entre surfe e skate já é antigo, mas a nova geração está elevando tudo isso a outro patamar.

Kai Lenny

É difícil dizer se o Kai é um surfista que manda bem no windsurfe, kitesurfe e foilboard, ou se é o contrário. Como ele mesmo diz, o importante é estar deslizando sobre ondas, independente do equipamento que use para fazê-lo. "Tudo que envolve o oceano, eu estou dentro", diz.
+ Se quiser ver mais da vida de Kai Lenny, assista abaixo ao filme Paradigm Lost e conheça mais sobre este waterman.
1 h
Paradigm Lost

Julian Wilson

Ele é um dos grandes no surfe, e gosta tanto de skate quanto de pegar ondas. A maior prova disso é que o australiano, vice-campeão mundial em 2018, conseguiu juntar os dois esportes colocando um corrimão na água e usando para manobras que são comuns nos carrinhos. Veja no vídeo abaixo.
Surf · 8 min
Julian Wilson lança o primeiro 'corrimão' do surfe
Baixe o app da Red Bull TV e tenha acesso a todos os nossos vídeos! Disponível na App Store e na Play Store.