Amigos e apoiantes do Zwift ajudaram a manter a mente de Flo no desafio
Ultrarunning

Florian Neuschwander acaba de bater o record de 100 km de corrida indoor

© Pushing Limits
Ultrarunner Flo Neuschwander passou o fim de semana a bater o recorde indoor de 100km, num tempo de 6h 26m 14s numa passadeira do seu ginásio local. Descobre mais sobre a incrível conquista aqui.
Escrito por Adaptado Equipa Redbull.ptPublicado a
Apenas 11 meses depois de bater o recorde mundial de corrida indoor de 50 km, Florian Neuschwanderindoor fez uma ainda melhor. Bem, 50 melhor na verdade. A lenda alemã do ultrarunning acaba de estabelecer o recorde mundial não oficial de 100 km de corrida indoor, terminando a exaustiva distância num tempo de apenas 6h 26m 14s, quase 13 minutos mais rápido que o recorde anterior.
No sábado, 30 de janeiro, dentro de um ginásio local em Chiemgau, Baviera, Neuschwander começou a tentativa não oficial de recorde mundial às 9h, apoiado por centenas de fãs, bem como outros atletas e vários companheiros digitais no Zwift.
Ultrarunner Florian Neuschwander fotografado durante a tentativa bem-sucedida de bater o recorde mundial de 100 km de corrida indoor a 30 de janeiro de 2021.
100 km numa passadeira é muito difícil, especialmente mentalmente

Todos por uma transmissão ao vivo e Zwift

No início de Neuschwander na passadeira, os fãs poderam estar lá apartir do sofá através de uma transmissão ao vivo. O desafio também decorreu na plataforma de treino virtual Zwift, onde os utilizadores podiam correr e pedalar ao lado de Flo e enviar saudações digitais - uma oportunidade que outros atletas não quiseram perder. O triatleta Patrick Lange pedalou alguns quilómetros com Neuschwander, enquanto Sebastian Kienle e Koko Klosterhalfen motivaram-no com mensagens de vídeo.
"Se eu corresse 100 km na passadeira sozinho, sem interação, pensaria demasiado", disse Neuschwander. "Não podia fazer isso: quando fica difícil, não há ninguém para te pressionar." O oposto aconteceu nesta mega corrida. Mais de 5.000 pessoas assistiram a Neuschwander e correram ou pedalaram com ele. “O suporte digital foi extremamente importante”, explica. "Este é o princípio e o fim de uma corrida tão longa."
Ultrarunner Florian Neuschwander fotografado durante a corrida record de 100 km indoor a 30 de janeiro de 2021.
Amigos e apoiantes do Zwift ajudaram a manter a mente de Flo no desafio
O suporte digital foi extremamente importante. Foi esse o princípio e o fim de uma corrida tão longa

100km em 3 etapas: fácil, difícil, bom

No total, Neuschwander correu 100km em 6h 26m 14s, uns bons 13 minutos mais rápido do que o detentor do recorde mundial, Mario Mendoza, dos EUA, que correu 100km na passadeira em junho passado em 6h 39m 26s. Os primeiros 50km foram "fáceis", aparentemente.
“Tornou-se interessante a partir dos 60km. A partir daí era um novo território”, disse Neuschwander. "Eu nunca corri tanto na passadeira, especialmente a esta velocidade."
Até à marca dos 70 km, Neuschwander sentia-se "incrivelmente bem", mesmo que uma paragem para ir à casa de banho estivesse fora de questão, mas depois ficou difícil: "Dos 70 aos 85 km foi difícil. Tive que ir muito fundo, especialmente mentalmente. Foi difícil. "
O mais surpreendente de todo este esforço é que o último quilómetro, com um tempo de 3m 20s, tenha sido o mais rápido de Neuschwander nestes 100km. "O último quilómetro claramente vai para a comunidade. Foi ótimo!" disse.
Surpreendentemente, o km mais rápido de Neuschwander foi o 100º e último
Surpreendentemente, o km mais rápido de Neuschwander foi o 100º e último
A world record is always great, even if it's unofficial

"Normal pace" = a world record

Neuschwander's finishing time was made possible thanks to an average of 3m 52m per kilometre. "Seen over the entire distance, the pace seems brutal, of course," he said. But for Neuschwander this is a completely normal pace. "The trick was to keep up this pace for so long. The community pushed me to the max – thanks for that."
Since official observers from Guinness World Records – who would normally observe the attempt, log it and ultimately legitimise it – couldn't be on site due to strict hygiene requirements, the record goes into the annals of Neuschwander's career as 'unofficial' one, something he's perfectly happy with: "A world record is always great, even if it's unofficial."
Flo blickt bereits auf sein nächstes Ziel: Den Deutschen Rekord im Freien!
Flo blickt bereits auf sein nächstes Ziel: Den Deutschen Rekord im Freien!

Próximo desafio: Wings for Life World Run

Mesmo que Neuschwander tenha perdido o tempo recorde alemão de 100 km ao ar livre por menos de dois minutos, está mais do que satisfeito com o seu desempenho. "Foi incrível. Conseguirei o recorde alemão ao ar livre em algum momento durante o outono, quando espero que já possa correr ao ar livre novamente", disse Flo com o foco nas 6h 24m 29s de Kazimierz Bak em 1994.
A próxima meta desportiva já foi definida – a Wings for Life World Run, a 9 de Maio. Como todos os participantes em 2021, Neuschwander vai participar através da aplicação Wings for Life World Run app. Se te quiseres juntar a Neuschwander e a milhares de outras pessoas à volta do mundo na corrida para beneficiar a pesquisa de lesões da espinal medula a 9 de maio, visita o site da Wings for Life World Run para saberes mais informações e increveres-te.