Aquecimento dos jogadores do RB Leipzig
© Divulgação / RB Leipzig
Futebol

Uma breve história dos times Red Bull pelo mundo

Todos os times jogam na primeira divisão de seus países
Escrito por Ricardo Gomes
4 min de leituraAtualizado em
A primeira parada foi na Áustria. De lá, partiu para Estados Unidos, Brasil e, por último, Alemanha. Em 2021, os times Red Bull chegam a 16 anos de bola rolando em campos pelo mundo. Uma história que está só começando. Aqui está, em algumas linhas, como foi a construção de cada um dos quatro Touros espalhados pelo planeta.

Red Bull Salzburg (Áustria)

Para falar sobre o Red Bull Salzburg, é preciso voltar algumas décadas. O time que deu origem aos Bullen - Touros, em português - é o SV Austria Salzburg, fundado em 1933. Antes de virar Red Bull Salzburg, em 2005, o clube ganhou outros três batismos. Atualmente é o terceiro maior vencedor da liga austríaca, com 14 títulos, mas desde 2014 nenhum outro time lhe tira o posto de campeão nacional. Em 2006, o Red Bull Salzburg inovou ao colocar duas lendas do futebol, o alemão Lotthar Matthäus e o italiano Giovanni Trapattoni, para comandar a equipe. Seu segundo maior artilheiro é um brasileiro, Alan, hoje na China, com 93 gols.

New York Red Bulls (EUA)

Nosso segundo time mais antigo é o New York Red Bulls. Tudo começou com o MetroStars, fundado em 1994 e um dos pioneiros da Major League Soccer. Lá no início, reunia jogadores-símbolo do Mundial dos EUA, como os americanos Tony Meola, Alexi Lalas, Tab Ramos e o brasileiro Branco. Em 1997, chegou a ser treinado brevemente por Carlos Alberto Parreira. Os dois touros desembarcaram em Nova York em 2006, período em que o francês Djorkaeff era o craque do time e MVP da liga. Em 2010, o clube tirou Henry do Barcelona, naquela que foi sua contratação mais bombástica. O melhor resultado da equipe na MLS foi um vice-campeonato em 2008. Bradley Wright-Phillips é disparado o maior goleador do clube, com 125 gols.

Red Bull Bragantino

Com sede em Jarinu, interior de São Paulo, o Red Bull Brasil inaugurou suas atividades em novembro de 2007. Dois anos mais tarde, rolou a primeira comemoração, o título da quarta divisão paulista. Era o início de uma cruzada que teria o seu ápice em 2014, com o vice estadual da Série A2 e o inédito acesso à elite. O ano de 2015 teve calendário cheio. No Paulistão, um surpreendente sexto lugar, melhor resultado do Toro Loko até hoje na competição. Além disso, a equipe estreou numa competição nacional, o Brasileiro da Série D. Em março de 2019, a Red Bull fechou parceria com o Bragantino e passou a estampar pela primeira vez os dois touros na Série B do Brasileiro. Em sua primeira aparição como Red Bull Bragantino, foi campeão da Série B e voltou à elite nacional após 22 anos. Em 2021, a equipe disputa a Copa Sul-Americana.

Red Bull Leipzig (Alemanha)

Quer saber como subir um time da quinta para a primeira divisão em apenas sete anos? O Red Bull Leipzig te explica. A escalada rumo ao topo começou em 2009, quando o SSV Markranstädt virou Red Bull Leipzig. Foram dois títulos, da quinta e da quarta divisões alemã, num intervalo de três temporadas. Em 2014, acesso da terceira para a segunda. A cereja do bolo veio em 2015/2016, com o vice-campeonato da Bundesliga II e a promoção à elite. De cara, o RBL beliscou o vice-campeonato da primeira divisão e, assim, se classificou para a Liga dos Campões. Já estabelecido na Bundesliga, agora o Leipzig mostra força também na Champions: em 2019/2020, o time chegou até as semifinais do torneio.
+ Na série Signed or Released, você acompanha a saga de cinco garotos na luta por um lugar na equipe principal do RB Leipzig.

14 min

Jogando sob pressão

Conheça os cinco jovens atletas que tentam se juntar ao RB Leipzig. A pressão por um bom desempenho na liga sub-19 é o primeiro grande desafio.

português +8

Baixe agora o app da Red Bull TV e tenha acesso a vídeos, filmes e séries!