Ciência

A ciência por trás do Wingfinder

Desenvolvido pela Red Bull e uma equipe especializada de professores de psicologia da University College London e Columbia University New York, o Wingfinder é uma avaliação de personalidade precisa e gratuita que enfoca suas habilidades.

O Wingfinder avalia suas habilidades individuais de acordo com quatro áreas principais de sucesso profissional.

O Wingfinder é o resultado de 30 anos de pesquisas psicológicas, realizadas em milhares de estudos científicos e análises, que indicam claramente quatro áreas mais influentes que quaisquer outras enquanto componentes de empregabilidade e do sucesso na carreira em cargos baseados em conhecimento.

Pronto para dar asas à sua carreira?

Iniciar o Wingfinder

Com base nesse modelo de talento sólido e usando uma metodologia científica de vanguarda, o Wingfinder representa uma tentativa sem precedentes de tentar ajudar milhões de pessoas a identificar e desenvolver seu potencial na carreira.

Dr. Tomas Chamorro-Premuzic, Chief Talent Scientist no Manpower Group e Professor de Psicologia Aplicada aos Negócios na University College London e Columbia University.

O que é personalidade?

O modelo Wingfinder conta com quatro áreas: Conexões, Pensamento, Criatividade e Determinação

Cada área do modelo Wingfinder compreende diferentes habilidades, em um total de 25, oferecendo milhões de combinações possíveis e exclusivas. O Wingfinder avalia essas quatro áreas em 35 minutos, por meio de aproximadamente 280 perguntas com cinco formatos de avaliação diferentes. Todos são autoavaliados e avaliados em comparação com outras pessoas. A avaliação agrega valor ao oferecer aos indivíduos uma percepção e um feedback positivo significativo sobre suas habilidades, com orientações de treinamento voltado à ação e ao desenvolvimento em sua vida profissional. Para candidatos a vagas na Red Bull, a avaliação faz parte de nosso processo de seleção geral.

Connections

Conexões determina como você administra relacionamentos e a si mesmo(a).

Creativity

Criatividade avalia como você se adapta, cria alternativas e busca novas informações ou experiências.

Thinking

Pensamento examina sua capacidade de raciocínio abstrato e de resolução de problemas complexos.

Drive

Determinação mede sua motivação, ambição e autodisciplina para atingir seus objetivos e lidar com contratempos.

Nas fases de validação do desenvolvimento do Wingfinder, mais de 10.000 pessoas participaram, fornecendo dados para criar um instrumento com a capacidade de prever a probabilidade de empregabilidade e sucesso em cargos baseados em conhecimento. O modelo Wingfinder é inspirado no modelo original de determinantes de empregabilidade e sucesso na carreira de Hogan et al (2013). Em suas meta-análises de milhares de estudos científicos publicados, empregabilidade foi descrita como a capacidade de obter e manter um emprego, enquanto que algumas medidas usadas para descrever o sucesso na carreira foram renda, promoções, níveis de responsabilidade, tempo fora do mercado de trabalho e classificações de gerentes. Outros estudos também exploraram a relação entre fatores de personalidade e intra/empreendedorismo e criatividade (Leutner, Ahmetoglu, Akhtar, Chamorro-Premuzic, 2014).

Connections

Habilidades intra e interpessoais

Thinking

QI fluido

Creativity

Criatividade e curiosidade

Drive

Ambição, determinação, motivação

Recompensador lidar com
Capaz de fazer o trabalho
Disposição para trabalhar duro
Empregabilidade e sucesso
Modelo Wingfinder; baseado no modelo original de determinantes de empregabilidade de Hogan, R., Chamorro-Premuzic, T., & Kaiser, R. B.. Employability and career success: Bridging the gap between theory and reality. Industrial and Organizational Psychology, 6 (2013), 3–16.

Desenvolvimento da avaliação de personalidade Wingfinder

O desenvolvimento do modelo atual começou com a validação das habilidades individuais que constituem a base das áreas de Conexões, Criatividade e Determinação.

As habilidades foram validadas por meio de testes psicológicos já existentes do IPIP, que é uma das baterias de testes de referência mais usadas em construtos psicológicos. O fator Pensamento do Wingfinder mede a capacidade de raciocínio abstrato e de resolução de problemas complexos através do raciocínio espacial e numérico. Uma referência para Pensamento foi estabelecida usando a medida de capacidade cognitiva ICAR‐16, um benchmark usado globalmente, assim como a avaliação “Matrigma” da Hogan Assessment. Existem validações contínuas que garantem que o teste continue preciso e confiável, incluindo estudos sobre o conteúdo, validade discriminante, convergente, interna e preditiva, impacto desproporcional e estudos de confiabilidade. Isto gera a oportunidade de aprimorar continuamente o Wingfinder, para que ele seja uma ferramenta valiosa para pessoas que estejam procurando emprego ou um feedback para desenvolvimento.

Formato de respostas baseadas em imagens do Wingfinder

Tradicionalmente, as avaliações de personalidade são baseadas em perguntas escritas, com respostas de múltipla escolha baseadas em texto.

A seleção de imagens requer muitos estágios de validação para reduzir a distração e as variáveis externas. As imagens devem apresentar um nível de abstração semelhante para que o significado possa ser transmitido, mas não devem ser abertamente desejáveis em comparação às outras perguntas no conjunto de itens. Existem prós e contras em qualquer formato de perguntas de teste (Harrigan, Rosenthal & Scherer, 2008), mas à medida que compreendemos melhor o que determina o comportamento, seremos mais precisos ao formular perguntas que revelem comportamentos subjacentes. Os métodos usados para desenvolver o Wingfinder mostraram que a avaliação é válida e confiável na descrição dos aspectos da personalidade que apresentam mais influência que quaisquer outros como componentes de empregabilidade e sucesso na carreira. As pesquisas científicas publicadas sobre a avaliação Wingfinder podem ser vistas aqui (Leutner, Yearsley, Codreanu, Borenstein, Ahmetoglu 2017).

Referências e leitura adicional

1. Barrick, M R, & Mount, M K (1991). The big five personality dimensions and job performance: A meta-analysis. Personnel psychology, 44(1), 1-26.

2. Chandler, Paul and Sweller, John (1991) Cognitive load theory and the format of instruction. Cognition and Instruction 8, no. 4: 293—332.

3. Chamorro-Premuzic, T, & Furnham, A (2003). Personality predicts academic performance: Evidence from two longitudinal university samples. Journal of Research in Personality, 37(4), 319-338.

4. Harrigan, J, Rosenthal, R,/& Scherer. (Eds.) (2008). New handbook of methods in nonverbal behaviour research. Oxford University Press.

5. Hogan, R, Chamorro-Premuzic, T & Kaiser, R B (2013). Employability and career success: Bridging the gap between theory and reality. Industrial and Organizational Psychology, 6, 3–16.

6. Horn, R (2001) Visual language and converging technologies in the next 10-15 years (and beyond) national science foundation conference on converging technologies (Nano-Bio-Info-Cogno) for improving human performance

7. von Stumm, S, Hell, B, & Chamorro-Premuzic, T (2011). The "hungry mind": Intellectual curiosity as third pillar of intellectual competence. Perspectives on Psychological Science, 6, 574–588.

8. Leutner, Franziska; Ahmetoglu, Gorkan; Akhtar, Reece and Chamorro-Premuzic, Tomas. 2014. The relationship between the entrepreneurial personality and the Big Five personality traits. Personality and Individual Differences, 63, pp. 58-63.

9. Leutner Franziska, Adam Yearsley, Sonia-Cristina Codreanu, Yossi Borenstein, and Gorkan Ahmetoglu. (2017). From Likert scales to images: Validating a novel creativity measure with image based response scales. Journal of Personality and Individual Differences, 106, 36–40.

asas à sua carreira.

Red Bull Wingfinder é uma avaliação de personalidade precisa e gratuita que enfoca suas habilidades.

Iniciar o Wingfinder
Red Bull Wingfinder

Dúvidas? Estamos aqui para ajudar.